• +(011)992413934
  • contato@missaoempreendedora.net.br

Tag Archives: Empreendedorismo

EMPREENDER ESTÁ EM ALTA NO BRASIL

Desemprego recorde gera a maior alta de empreendedorismo da história do Brasil

Se por um lado, a crise econômica brasileira gerou o maior desemprego da história, nunca o Brasil teve tantas pessoas empreendendo. E nunca a demanda por empresas de marketing multinível foi tão alta.

Este momento negativo da economia e está gerando um boom nas empresas de vendas diretas e MMN.

Somente no primeiro trimestre do ano o desemprego aumentou 13,7% conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua.

De acordo com o IBGE, essa foi a maior taxa de desocupação da série histórica, iniciada em 2012. Hoje o Brasil possui mais de 14,2 milhões de desempregados, também batendo recorde da série histórica.

Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, “o mercado de trabalho continua a apresentar deterioração. Perdemos mais de 1,8 milhão de postos de trabalho, sendo que cerca de 70% dessa perda foi de empregos com carteira de trabalho assinada”.

Segundo Azeredo, a notícia mais impactante da pesquisa é a perda expressiva de empregos com carteira assinada. “Perder postos de trabalho com carteira significa perda de arrecadação da Previdência, perda de acesso ao seguro-desemprego, perda de garantias trabalhistas. Além disso, a carteira de trabalho serve como garantia de acesso ao crédito. A grande notícia que a Pnad Contínua traz neste primeiro semestre do ano é que o mercado continua destruindo postos de trabalho”.

De acordo com o pesquisador, a queda do número de carteiras assinadas tem relação direta com a conjuntura política e econômica do país. “Um cenário econômico conturbado, um cenário político instável, isso traz desestabilização para o mercado de trabalho e seus efeitos são quase imediatos. Reestruturar postos de trabalho, recompor carteira, isso demora”, afirma.

O rendimento médio está estimado em R$ 2.110 no Brasil. “Há um crescimento do rendimento nominal do trabalhador. Isso mostra que você tem um aumento do poder de compra da população, mas o efeito inflacionário sobre ele fez com que a massa de rendimento se mantivesse estável”, explicou o pesquisador.

Leia também…

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO
1