• +(011)992413934
  • contato@missaoempreendedora.net.br

Tag Archives: dinheiro

7 TIPOS DE NEGÓCIOS QUE VOCÊ PODE ABRIR COM POUCO DINHEIRO

Você está sonhando em abrir seu próprio negócio, mas não tem muito dinheiro para investir. Fique tranquilo: você não é o único! Por mais que existam maneiras de conseguir o valor necessário (empréstimos, por exemplo), é possível optar por aportes pequenos.

Tenha em mente que todo tipo de negócio envolverá alguns gastos. Por exemplo: você terá de criar um domínio e um site, desenvolver uma estratégia de marketing e comprar equipamentos. Vale, portanto, fazer um plano de negócio antes de começar. Na hora de escolher o produto ou serviço que vai oferecer, leve os custos de produção e manutenção em conta.

1. Criações próprias
Nada melhor do que ganhar dinheiro fazendo aquilo que você já sabe. Por exemplo, se você é um pintor, pode vender suas obras de arte gastando nada mais do que os instrumentos que vai usar. Plataformas online gratuitas podem ajudá-lo com as vendas.

2. Serviços em casa
Esse tipo de serviço é rentável e não exige muitos gastos. Se você trabalha em casa – ou na vizinhança –, poupa tempo e economiza dinheiro. Como exemplo, pode-se citar o trabalho de babá ou passeador de cães.

3. Trabalhos de conserto
Assim como os serviços em casa, esse tipo de negócio não exige um ambiente de trabalho estabelecido e nenhum investimento exceto o das ferramentas. Se você possui algumas habilidades na área, pode trabalhar em conserto domésticos. Também pode fazer reparos em roupas.

4. Consultoria
Muitas pessoas só pensam em se tornar empreendedores depois de terem passado por muitos anos de experiência profissional. Com essa bagagem, podem abrir uma consultoria. A atividade exige pouco investimento inicial e, se o empreendedor aproveitar seus contatos profissionais, pode ser bastante rentável.

5. Revenda
O sistema é simples: você adquire produtos e os vende para outras pessoas. Você pode ser um representante de vendas, distribuidor ou atacadista. No último caso, será preciso fazer um investimento inicial maior, para formação de estoque.

6. Microempreendedorismo
Por último, você pode criar um mininegócio. Pode trabalhar em apps de serviço como Uber, alugar sua casa em plataformas como o AirBnB… As opções são muitas e, na maioria dos casos, o investimento inicial é baixíssimo.

7.  Marketing de Rede

Marketing de Rede trata-se de uma estratégia empresarial de distribuição de bens ou serviços, onde a divulgação dos produtos se dá pela indicação “boca a boca” feita pelos distribuidores independentes. O negócio é de baixíssimo investimento, alto retorno e sem risco, pois sua única adesão é um kit de produtos que poderá consumir ou revendê-lo. Atualmente o Marketing de rede é a melhor opção em época de crise para iniciar seu próprio negócio. Para saber mais sobre Marketing de rede acesse AQUI

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA

Como acreditar nas promessas de ganhar dinheiro com tantas opções que vemos hoje em dia. Pois é, vamos desmistificar o que é INDEPENDÊNCIA  FINANCEIRA. Para a maioria das pessoas ter isso em sua vidas é praticamente impossível pois elas vivem presas no chamado “Senso Comum” que resume que somos feitos para ter um emprego. Mas ter Independência Financeira exige  responsabilidade, comprometimento, ter compromissos fortes para conquistar esse patamar na vida. Essa é a questão, as pessoas tem medo de ter compromissos por causa da sua zona de conforto. Para elas sair na sua zona de conforto é gastar muita energia, e desconfortável e isso faz com que as pessoas engavetem seus projetos por não ter coragem de colocá-los em prática. Pois ganhar dinheiro sem trabalho não existe, tudo requer muito trabalho. Infelizmente vemos promessas milagrosas de ganhar dinheiro fácil a todo momento e muitos se iludem nessa armadilha. Culturalmente somos ensinados a ter um emprego desde quando somos crianças, ouvimos nossos Pais nos falando, nossos colegas da escola, nossos amigos, enfim, somos influenciados a todo momento a ficar presos no “Senso Comum”onde a opinião da maioria importa. Nem sempre isso é verdade, temos o livre arbrítio de sermos o que quisermos. Não permita que pessoas fracassadas digam que você não é capaz de conquistar o que deseja, independente do que seja, siga a sua intuição e fique próximas de pessoas de sucesso, de pessoas que conquistaram seus sonhos. Você é a média das cinco pessoas que mais convive, talvez isso seja o que está impedindo de realizar os seus projetos, escolha bem seus amigos e influenciadores de opinião. Se for alguém muito próximo de você, como Pais ou Cônjuge, então o que resta é adicionar novas informações como leituras, palestras, etc. Isso vai fazer você blindar sua mente de todo negativismo que vivemos no mundo e te dará um horizonte para ampliar seus conhecimentos e conseqüentemente conquistar seus objetivos maiores do que simplesmente para suas contas.

Não sou contra ao emprego mas quero deixar claro que existe uma forma de obter renda sem depender de terceiros para sobreviver, e talvez você esteja preso no Senso Comum por influência da sociedade em que nós vivemos. A boa notícia é que você pode se libertar disso se quiser, através da mudança de mentalidade. Isso é possível através de cursos, leitura e de uma boa mentoria. Muito provavelmente você tem grandes sonhos e não consegue realizada-los por causa da sua renda e infelizmente as pessoas diminuem seus sonhos proporcionalmente a sua renda e vivem assim por longos anos de suas vidas. E no final acabam se conformando que ter sonhos é conseguir pagar suas contas, que é um grande erro.

Sou Manuel, Empreendedor e Consultor de Marketing de Rede. Passei por essas etapas na minha vida e hoje trabalho com pessoas ajudando-as a conquistar seus objetivos. Me contate para saber mais, deixe seu contato clicando AQUI  e em breve retornarei o contato para termos uma conversa inicial para saber o que você realmente precisa. Forte Abraço !

Leia também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

DINHEIRO TRAZ FELICIDADE, SIM, APONTA PESQUISA

Dinheiro traz felicidade sim. A máxima contrária (de que não traz) está equivocada, segundo pesquisa da Sondagem do Bem-Estar apurados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e obtidos com exclusividade pelo Estadão/Broadcast. Quanto mais alta a renda do brasileiro, maior a pontuação no ranking de satisfação.

Os entrevistados que recebiam até R$ 1,2 mil por mês – a faixa de renda mais baixa da pesquisa – tiveram a menor média de felicidade, 7,58 pontos. Na faixa de renda mais alta, com pessoas que recebiam R$ 10 mil ou mais mensais, o nível de satisfação subiu para 8,22 pontos.

“Quando você pensa em satisfação com a vida, você leva em conta vários aspectos, subjetivos e objetivos. A questão da renda é muito importante, é bastante tocada nas pesquisas de bem-estar no mundo inteiro. Quanto maior a renda, a média de felicidade é mais alta”, confirmou Viviane Seda, coordenadora da sondagem no Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Na pesquisa da FGV, a média de felicidade foi crescendo conforme a média de renda se ampliava: de R$ 1.200 a R$ 2.600 mensais, 7,77 pontos; de R$ 2.600 a R$ 5.250, 7,94 pontos; e de R$ 5.250 a R$ 10.000, 8,09 pontos.

Exemplos de vida

O vendedor ambulante Jorge Luís, de 61 anos, tem saudade da época em que ganhava dinheiro de forma considerável – três salários mínimos mensais – como auxiliar de serviços gerais, numa empresa prestadora de serviços para a Petrobrás. A perda do emprego e, consequentemente, da carteira assinada levou dele também direitos trabalhistas, benefícios e boa parte da renda familiar.

Hoje, vendendo picolés nas ruas do centro do Rio de Janeiro, ele ganha o suficiente para suas necessidades primárias, mas precisa da ajuda de parentes para o sustento da casa onde vive em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

“Naquela época nós éramos felizes e não sabíamos. Eu era mil vezes mais feliz do que hoje. Eu só consigo tirar meu sustento porque, graças a Deus, não pago aluguel e minha família me ajuda, todo mundo trabalha”, contou Luís.

Diego Nicheli Chagas viu sua satisfação pessoal aumentar conforme ascendia profissionalmente e em termos de dinheiro. Em menos de oito anos, o jovem passou de trainee a coordenador na área financeira do Grupo Estácio. Há apenas seis meses veio a última promoção, virou gerente de Operações Financeiras no conglomerado de educação.

“O salário foi ficando mais elevado, a vida começou a mudar. Eu, que era noivo, consegui me casar. Hoje minha mulher e eu temos a nossa casa. Depois de sete anos, além de ter me estabilizado financeiramente, estou estabilizado profissionalmente, estou muito mais feliz”, disse ele.

Conquistas

Com a evolução da renda de Diego Nicheli Chagas, surgiram novas oportunidades, descobertas, experiências para toda a família. “Venho de uma família um pouco mais humilde. Tive uma ascensão profissional rápida e consegui conquistar muitas coisas que não imaginava. Com certeza estamos mais satisfeitos agora. Com um salário maior você tem acesso a coisas novas, restaurantes melhores, viagens internacionais. Conseguimos proporcionar até para as nossas famílias algumas dessas viagens”, disse Diego.

Se por um lado a evolução da renda afeta positivamente a felicidade, o desemprego e a desigualdade impactam negativamente, mostrou a pesquisa da FGV.

“O Brasil é um País em desenvolvimento, tem muito a evoluir, tem que focar principalmente na redução da desigualdade. Não adianta aumentar a renda para uma faixa apenas. A renda tem que ser mais bem distribuída”, afirmou Viviane Seda.

Homens e paulistas mais felizes

Homens são mais felizes que as mulheres. Paulistas estão mais satisfeitos do que os cariocas. A diferença pode ser também explicada pela renda. Os homens tiveram 7,98 pontos no ranking de felicidade, ante 7,90 pontos das mulheres, numa escala de 0 a 10. Em São Paulo, o nível de satisfação alcançou 7,96 pontos. No Rio, o resultado foi de 7,91 pontos.

“Provavelmente essa média maior de felicidade em São Paulo do que no Rio tem a ver com a renda mesmo”, contou a coordenadora da pesquisa.

Apesar das diferenças, na média geral, os países da América Latina têm pontuação alta em relação a outros lugares do mundo, lembrou Viviane Seda: “Isso acontece por conta da questão do convívio social maior, mais interação entre as pessoas, isso ajuda na sensação de bem-estar”.

A Sondagem do Bem-Estar ouviu 2.594 moradores das cidades do Rio e São Paulo. A primeira fase de coleta ocorreu entre os dias 1.º de junho e 4 de agosto de 2016, enquanto a segunda etapa foi a campo de 5 de setembro a 31 de outubro do mesmo ano.

Fonte: https://acrediteounao.com/

Quer trabalhar por conta própria, sem chefe, de forma ética,CONHEÇA nossa proposta de trabalho.

MANUELDOLIVEIRAFILHO

REDUZI MINHAS CONTAS NO SUPERMERCADO, SABE COMO?

Um dos maiores gastos na minha conta bancária eram as despesas domésticas, quase o triplo das contas de condomínio, colégio, faculdade, saúde e tudo mais, o maior furo no meu bolso. 

Existem pessoas que tem tem aflição e tristeza em sair ao supermercado. Dependendo do mês não podem comprar supérfluos e guloseimas, mas o que mais deprime a maioria das pessoas é tirar do carrinho um desejo de um filho.

Mas encontrei uma solução para os meus problemas!!!!! 

Só pra começar, economizei R$500,00 em compras no mercado! 

Te interessa saber como!???

Primeiro. Vamos ver se você se encaixa no perfil de CONSUMIDOR INTELIGENTE.

Você gosta de ganhar pontos por programas de pontuação por compras, participar sorteios, ganhar presentes, brindes, novas compras, descontos, viagens ou até dinheiro consumindo produtos?

Segundo. Para saber que perfil de consumidor é você, mais uma perguntinha.

VOCÊ USA PASTA DE DENTE?

Compra desodorante? Toma banho com shampoo, sabonete? Faz barba? Limpeza doméstica?

Então você precisa CONHECER!!!!!  😉 

O que é um consumidor inteligente?

Todos os dias pessoas comuns, consumidores em geral, vão até o supermercado, feiras, shoppings, farmácias, lavanderias,  perfumarias; enfim, consumimos produtos básicos e de uso diários sempre, não é mesmo.

E se eu te disser que você pode reduzir as suas contas e dívidas nesses comércios em geral, somente consumindo produtos de altíssima qualidade e de marcas renomadas em só uma empresa, que pode te oferecer uma nova realidade de vida, uma oportunidade de alcançar a liberdade financeira e participar do lucro dessa empresa.

Apenas ESCOVANDO OS DENTES!!!  😆 

Somente lavando o rosto, hidratando a pele, se nutrindo, se alimentando, ou até fazendo a barba, ou a maquiagem pro trabalho, enfim, você escolhe como quer receber bonificações pelo consumo no dia a dia.

Fidelizando seu consumo de produtos e uso diário em casa, no trabalho, na vizinhança, com os colegas, amigos e família você irá se beneficiar ainda mais com o cuidado de seu corpo, saúde, bem estar, da sua família e da sua casa.

Simples assim.

Bem-vindo à Era da Nova Economia!!!!

Na economia compartilhada, dividindo o lucro da empresa com os seus próprios consumidores, você terá de 5 a 50% de lucro e descontos em variados produtos de consumo diários.

Não é todo dia que recebemos uma grande oportunidade e que podemos compartilhar com quem gostamos.

O consumo inteligente, consciente e sustentável vem para proporcionar um estilo de vida mais digno e sonhado pela população consumidora.

Sempre estamos dividindo com nossos conhecidos nossas preferência e gostos. Indicamos médicos, dentistas, cabeleireiros, lojas e marcas, mas nem sempre somos agradecidos ou contemplados por isso.

Agora com essa oportunidade temos a chance de ajudar pessoas que como nós, consomem também produtos diários e também podem compartilhar essa ideia. De forma colaborativa, social, educativa e solidária podemos juntos obter satisfação financeira, realização pessoal de planos e carreira independente da nossa situação social, cultural ou financeira, a chance é para todos.

Junte-se a nós.

Seja um consumidor inteligente.

Clique aqui

Meu nome é Manuel, eu e minha família e amigos somos consumidores inteligentes e ajudamos pessoas a realizar seus projetos de vida.

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

MARKETING MULTINÍVEL É UM BOM NEGÓCIO ?

Quase 13 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sem expectativas de conseguir carteira assinada, muitos trabalhadores apostam em nichos de mercado como alternativa de renda.

Um deles é o marketing multinível, modelo de venda direta que trabalha com a criação de uma rede. No ano passado, ele registrou R$ 40,4 bilhões em negócios, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Esse tipo de venda consiste em oferecer produtos ou serviços diretamente ao consumidor, presencialmente ou pela internet. Entre suas vantagens, está o menor número de intermediários entre quem produz e quem consome, com base nos relacionamentos pessoais.

“Funciona como uma rede. Família, amigos e conhecidos tornam-se clientes, tanto para comprar quanto para convidar outras pessoas. Nesse caso, a rede ganha uma comissão em cada venda feita pelos ‘distribuidores independentes’ que consegue recrutar”, explica a analista do Sebrae Minas Andreza Capelo.

Outro ponto positivo desse tipo de negócio é o investimento mínimo na compra de produtos, o que facilita o início das operações. O “distribuidor independente” não precisa investir em infraestrutura, não assume o pagamento de salários dos empregados que participam das tarefas administrativas da empresa e nem arrisca seu capital montando um grande negócio.

Não confunda
Antes de aceitar o convite de uma empresa, pesquise se o negócio é marketing multinível ou um modelo de pirâmide (que é ilegal no Brasil).

Algumas diferenças importantes
O foco da pirâmide é o recrutamento de novos participantes. O marketing multinível visa vender produtos.

Na pirâmide, há casos em que os produtos ou serviços sequer existem ou têm valor muito acima dos similares presentes no mercado.

Em suas reuniões, o treinamento não é voltado para a venda, e sim para o recrutamento.
Além do resultado das vendas, o faturamento individual se baseia no número de pessoas recrutadas para a rede.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Conheça nossa Empresa, uma Gigante do Varejo brasileiro que atua no Modelo Multinível.

MANUELDOLIVEIRAFILHO

A NOVA ERA DA ECONOMIA

Você deve ter percebido!

Mas não imagina o quão perto estamos!

Você pode não ter sentido na sua rotina, na sua empresa e no seu espaço social por estar acostumado no modelo tradicional e não tem observado está acontecendo e será o futuro.

Para alguns será difícil a aceitação da nova economia em muitos espaços organizacionais, pois ela vem quebrar paradigmas a que fomos educados por muitas e muitas gerações.

Há anos trocamos, melhor vendemos, nossas horas de trabalho por um salário fixo e determinado.

A nova economia não é regida por empregos, não é firmada por salários, entretanto por produtividade e meritocracia.

Para as próximas gerações e em muitos países desenvolvidos este novo modelo de trabalho estará cada vez mais presente no nosso dia a dia.

Os princípios da nova economia estão centrados na capacidade, intensidade e na quantidade de resoluções de problemas, geração oportunidades e conexão entre as pessoas.

A economia colaborativa e criativa entre pessoas e empresas cada vez mais nos levarão a consumir e produzir diferentemente para a construção de um impacto social positivo no mundo.

Fazendo parte desse movimento novas plataformas de projetos inovadores com modelos de negócios da nova economia evoluirão de forma simbiótica através do benefício mútuo entre as pessoas e empresas que promoverão de forma compartilhada e não competidora uma forma democratizadora de acesso ao conhecimento e às oportunidades através de uma nova moeda, o tempo e o valor, recursos não materiais de modo global.

Iniciativas horizontais e de empoderamento estão distribuindo através da confiança entre os pares o conceito de responsabilidade social empresarial difundindo os limites de consumo e produção, facilitando a aproximação e interação na sociedade através do coworking e networking de forma mais justa.

Meu nome é Manuel

Trabalho e desenvolvo na Nova Economia um novo modelo de negócio.

Vamos conhecer!?

 (011) 99241-3934 WhatsApp

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

O QUE MOVE VOCÊ A FAZER O QUE FAZ?

Porque acordamos de manhâ todos os dias para ir trabalhar? Será que temos uma vida digna? Você já parou um instante para pensar porque as pessoas de sucesso financeiro nâo usam ônibus, trem ou Metrô para se locomover: Enfrentar um ônibus ou Metrô lotado todos os dias principalmente nas segundas-feiras nâo seria desgastante, desconfortável ou cansativo? Eu pergunto para você se gostaria de mudar a sua realidade atual?

Fazendo o que faz hoje, poderia ter o conforto de trabalhar em casa, usar seu carro com conforto para trabalhar, ou quem sabe realizar seus sonhos? O que a maioria das pessoas fazem geralmente, elas diminuem seus sonhos para caber no seu orçamento.  Quando o correto é aumentar seu orçamento para caber seus sonhos. Já pensou nisso?

Se nunca refletiu sobre isso acho que está na hora de começar, pois os tempos mudaram, emprego, salário e aposentadoria já nâo garante seu futuro financeiro.

Sou Empreendedor e Consultor de uma grande Empresa Brasileira no ramo do Varejo e temos uma oportunidade de você conquistar seu objetivos e ter vida melhor.

Somos mais de 50.000 empreendedores em todo Brasil e você pode se tornar um empreendedor de sucesso e fazer sua careira conosco.

Para mais informações deixe seu telefone com DDD e E-mail AQUI  que entraremos em contato o mais breve possível.

Aguardamos seu contato !

Manuel D Oliveira Filho – Consultor Empresárial

MANUELDOLIVEIRAFILHO

FUNDO DE GARANTIA INATIVO

O que fazer com o dinheiro que ficou parado anos que foi depositado por um empregador? Muitos vão usar este dinheiro para pagar contas, pagar dívidas, ou simplesmente guardar na Poupança ou Investir.  Na maioria dos casos o dinheiro será usado para cobrir alguma necessidade financeira. Não importa o valor, R$400,00, R$1000,00, R$2000,00 ou mais. Mas já parou para pensar o que nos garante no emprego? Você acredita em estabilidade?  Perspectivas para aposentar? Salário?  Qual seria a maneira mais sábia de fazer com o dinheiro se no caso sobrar 10 % do valor a restituir além de saudar dívidas ou contas. Diante do cenário econômico eu sugeria a você iniciar um negócio próprio ! mas como? Simples. O que tenho para te oferecer é um Negócio que já existe a mais 50 anos no mundo e poucas pessoas conhecem ou já ouviram falar.

Já ouviu falar de MARKETING DE REDE ou MARKETING MULTINÍVEL?

Você deve estar imaginando aquele “esquema” de colocar pessoas ou “pirâmides”, certo? ERRADO!

Marketing de Rede é uma forma de bonificação em Rede onde se movimenta através de venda  de produtos ou serviços. Já o esquema “pirâmide” apenas recruta pessoas ao máximo sem produtos e serviços envolvidos.

MARKETING MULTINÍVEL (MMN) é a forma mais viável economicamente falando para iniciar seu próprio negócio, onde seus ganhos estão diretamente ligados a sua dedicação e trabalho. Assista o VÍDEO e entenda melhor.

Conheça a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE VENDA DIRETA (ABEVD) e entenda um pouca mais sobre as diferenças.

Bem… Agora que você já sabe as diferenças entre um sistema criminoso para um trabalho digno de distribuição de renda em rede vou falar sobre a nossa proposta de trabalho.

Você deve estar se perguntando, mas qual é a empresa que eu faço parceria e desenvolvo esse trabalho?

Você sabe quanto custa para iniciar um negócio mais simples que todos conhecem? Sim !!! Sabe o que estou me referindo? Um carrinho de pipoca, exato ! Sabe quando custa para ter só o carrinho de pipoca, sem o milho de pipoca, sem o Gás, sem o sal e temperos???

 

 

Veja que o negócio mais básico que existe requer um investimento mínimo de R$6.000,00 ! E o que eu tenho para te oferecer custa apenas 10 x R$39,90. Exatamente… 10 x de R$39,90… Onde terá uma oportunidade de ser um empresário na Internet. Terá uma Loja Virtual com mais de 1000 produtos, logística, cobrança, garantia, treinamentos e suporte tudo por nossa conta. Além da possibilidade de expandir a sua própria rede de Lojas Virtuais.

Como então você pode conhecer essa proposta de negócio que lhe vai proporcionar uma mudança financeira com total qualidade de vida???

Conheça sem compromisso deixando seu telefone de contato com DDD e seu E-mail AQUI

Seus dados serão protegidos pelos nossos sistema de segurança. Assim que recebermos seu contato, um de nossos consultores entrará em contato no horário comercial para uma conversa inicial e a apresentação do nossa proposta de negócio.

Aguardamos seu contato !!!

 

Sucesso !!!

 

Manuel D Oliveira Filho – Consultor Empresarial.

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Pra você a CRISE é um problema ou uma solução?

Para a maioria das pessoas, 95% dos brasileiros, a palavra crise é sinônimo de alerta, problema ou um verdadeiro bicho papão, segundo o catador de latinhas mais bem sucedido do Brasil, Geraldo Rufino, o empresário do setor de reciclagem de peças de caminhões da primeira e maior empresa do mercado.

Em pleno começo do ano, às vésperas do Carnaval, período no qual o país pára, Geraldo esteve presente na 6ª Feira do Empreendedor Sebrae para proferir uma palestra sobre como saiu de uma dívida de 16 milhões de reais para um faturamento de mais de 50 milhões de reais, quebrando 6 vezes como empresário.

“Percebo que existe um grande problema que precisamos enfrentar : aquele que mora dentro da nossa cabeça. Quando a situação socioeconômica do país não é a ideal, as pessoas começam a reclamar demais _ principalmente se não enxergam oportunidades o suficiente para sejam bem-sucedidas. Isso se torna uma forma especial de cegueira: a tal da falta de oportunidades torna cegos e os faz dormir no ponto.” – G. Rufino

Com todo seu bom humor e felicidade típicos, fala que sempre estivemos em crise em vários períodos políticos e econômicos em nosso país, e incentiva que não podemos nos deixar levar pela onda de pessimismo e reclamação , pois elas atrasam nossos sonhos e devemos seguir o exemplo de muitos brasileiros que mesmo na crise estão encontrando soluções para driblar a zona de conforto e se mexer pulando a onda pra não morrer afogado nela.

Me chamo Manuel

Sou empreendedor independente

Descobri assim como 5% dos brasileiros a enfrentar com sabedoria a crise.

Minha missão é ajudar pessoas como eu e como você a encontrar oportunidades para se preparar para revezes e espantar toda a onda de negatividade que estamos vivendo no país.

Se você se interessou : Clique aqui

Wapp 11 992413934

16864351_1319831574747950_2798917472165767248_n

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

A VIDA É COMO UM ESPELHO

Pai e filho caminhavam em silêncio por uma trilha na montanha.

De repente, o menino caiu, machucou-se e gritou:

-Ai!

Para sua surpresa, ouviu sua voz se repetir em algum lugar na cordilheira:

 -Aiaiaaaiaiiiii…

Curioso, perguntou:

-Quem é você?

Recebeu como resposta:

-Quem é vocÊÊEÊ!

Contrariado, gritou:

-Seu covarde!

E escutou:

-Seu covaaaarde!

Gritou mais uma vez:

-Seu perdedor!

Escutou:

-Seu perdedoooor!

Em seguida, olhou para o pai e perguntou, aflito:

-O que é isso?

O homem sorriu e disse:

-Meu filho, sente-se ali e preste atenção.

Então, o pai gritou em direção a montanha:

-Eu amo você!

-Eu admiro a sua garra!

A voz respondeu:

-Eu amo vocÊÊEÊ!

-Eu admiro a sua gaaaaarra!

De novo, o homem gritou:

-Você é um campeão!

A voz repetiu:

-Você é um campeãããããoo!

O menino ficou espantado e perguntou:

-Pai, o que é isso?

E homem explicou:

As pessoas chamam de eco, mas na verdade, isso é a vida.

Ela devolve o que você lhe dá.

Para mudar as palavras que ecoam ao vento, é preciso mudar as palavras que saem do seu coração.

Da mesma forma, a vida é também como um espelho. Não adianta quebrá-lo quando ele mostra um rosto de que você não gosta.

Mude seu rosto , suas atitudes e suas ações, para que sua vida seja do jeito que você gostaria.

Nossa vida é simplesmente o REFLEXO, ou o ECO, das nossas ações.

Fonte: Conto do Himalaia – R. Shinyashiki (Eu vou te ensinar a ser rico)

 

Gostou do Conto?
Meu nome é Manuel

Meu trabaho é desenvolver pessoas, criar competências de equipes, no plano profissional e pessoal.

Se tiver interesse entre em contato: Wapp 11 992413934

 

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO
12