• +(011)992413934
  • contato@missaoempreendedora.net.br

Tag Archives: Crise

AUSÊNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA E O ALTO ESTRESSE CAUSADO PELAS DÍVIDAS

O estresse causado pelas dívidas muitas vezes gera impacto tanto na vida profissional como na vida pessoal que pode ser evitado pela prática e conhecimento da educação financeira

Uma pessoa endividada muitas vezes não tem consciência de como a falta de planejamento financeiro e a ausência de uma vida financeira equilibrada poderá influenciar em sua vida.

O primeiro sintoma do excesso de dívida é o alto estresse causado pelas dívidas que, aos poucos, vão se materializando no corpo da pessoa. Segundo pesquisas do Employee Financial Education realizada em dezembro/2011 o alto estresse causado pelas dívidas causa impactos como:   

29% sofreram de ansiedade; 44% relataram fortes dores cabeça; 23% relataram depressão severa; 6% reportaram ataques cardíacos; 27% sofreram problemas digestivos; 51% relataram tensão muscular, como por exemplo, dores lombares.

Nesse contexto, tem-se uma piora do nível da saúde global do empregado, que reflete, por exemplo, no ambiente de trabalho e vida pessoal.

No ambiente de trabalho, um profissional com alto nível de estresse, não consegue se concentrar na execução do seu trabalho e tão pouco relacionar-se de forma cordial com os colegas de trabalho e clientes, gerando assim, o chamado presenteísmo.

Presenteísmo é o nome dado ao profissional que está presente fisicamente no ambiente de trabalho, mas não tem produtividade enquanto absenteísmo é a ausência do empregado no trabalho.

Por outro lado, a somatização das doenças ocasionadas pelo alto estresse causadas por dívida, é responsável pelo absenteísmo do empregado no trabalho e o excessivo gasto com saúde como consultas médica, exames e outros procedimentos necessários decorrentes do estresse.

Na vida pessoal, para o portador do alto índice de estresse por dívidas, muitas vezes, uma simples conversa sobre economizar dinheiro com os seus familiares é o estopim para um desentendimento severo.

Em alguns casos, o grau de endividamento é tão alto que, familiares optam por distanciar-se dos envidados.

Frente a esse cenário, a solução é educar-se financeiramente.

Nas escolas, às crianças, uma gama de conhecimentos é apresentada, porém, raras são as escolas que ensinam como cuidar do dinheiro.

Nesse sentido, erroneamente, muitos, acham que a educação financeira envolve apenas números e a privação das “coisas boas da vida”.

Entretanto, a educação financeira baseia-se em comportamento, ou seja, como as pessoas se comportam em relação ao dinheiro, ou seja, é preciso entender que o dinheiro é um meio de conquista e que uma relação conturbada com ele é o pilar de vários desgastes que prejudicam uma vida saudável.

Se a pessoa opta por uma vida desregrada financeiramente, compras por impulso, consumismo desenfreado, um padrão de vida maior que o seu, logo, estará quebrada financeiramente.

O primeiro passo, para uma vida financeira equilibrada é identificar em qual padrão de vida a pessoa se encaixa e de posse dessa informação, adequar todo o seu consumo.

Note que é adequar o consumo e não se privar dele.

É necessário adotar uma postura de consumo consciente e para isso, antes de adquirir um produto ou serviço, questionar-se:

• Eu realmente preciso desse produto/serviço?
• Estou consumindo porque eu quero ou por que isso vai me dar status?
• Eu consigo adquirir esse produto/serviço à vista ou precisarei me endividar?

Reflita sempre antes de consumir.

Outro ponto importante é descobrir para onde vai o dinheiro, ou seja, por 30 dias recomenda-se anotar todas as despesas, desde o cafezinho até o pagamento do financiamento. De posse desses dados, descobrir-se-á em quais itens há desperdício de dinheiro ou excesso de consumo.

No caso de excesso de consumo, o objetivo não é a privação e sim a diminuição da frequência de consumo da despesa.

Com o orçamento em mãos, o conhecimento e vivência do padrão de vida correto, o caminho para uma vida financeira equilibrada e feliz começará a ser trilhado.

Gostaria de fazer um 2018 diferente, aprendendo fazer o dinheiro trabalhar para você?

Entre em CONTATO  conosco e saiba como.

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

A REVOLUÇÃO DO MMN ESTÁ COMEÇANDO

Que tal revolucionar seus ganhos financeiros a partir de agora !

 

Dizem que Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, há 9 anos atrás, chamou 5 amigos em sua casa para apresentar uma oportunidade de negócio.

Dos 5, somente dois foram. Hoje os dois estão bilionários. Eduardo Saverin,  com mais de $ 3,2 bilhões e Dustin Moskovitz com $ 6,5 bilhões.

A coisa mais cara que podemos possuir é uma mente fechada. Não podemos por desconhecimento ou falta de visão, comprometer nosso futuro perdendo oportunidades.

Ouvir e compartilhar idéias, propostas e oportunidades de negócios é mais do que recomendável. Então fique atento porque o  marketing multinivel (MMN) chegou pra ficar e com ele excelentes oportunidades de negócios.

E quando algum amigo te convidar para apresentar uma oportunidade, aproveite. Existem excelentes negócios acontecendo e sua disposição.

Pra começar, é bom que saiba que o MMN está presente em mais de 180 países do mundo; possui cerca 150 milhões de Distribuidores independentes dos quais, 9 milhões no Brasil atuando em cerca de 300 empresas; movimenta 25% do PIB americano, 17% do PIB japonês e apenas 0,5% do PIB brasileiro; Já é ensinado em mais de 200 instituições americanas e os produtos desta indústria, estão presentes na maioria dos lares americanos e europeus.

Não existe no mundo empresarial, um sistema mais impactante e inteligente pra fidelizar clientes e gerar lucro, renda e riqueza.

Por isso o MMN é tido como uma revolução em vendas e no marketing de relacionamento

Mas o que é mmn?

É um sistema onde empresas comercializam produtos através de clientes, que se tornam distribuidores independentes por usar e propagar produtos, e duplicar essa oportunidade.

A medida que indicam a empresa e seus produtos a terceiros, recebem comissão, bônus e prêmios por esta divulgação. E como são fieis, podem comprar produtos com preços mais vantajosos. Essa é a essência do MMN. A empresa paga pela fidelidade e paga bem.

Também conhecido como marketing de rede, é um modelo comercial de distribuição de bens e serviços em que os ganhos podem advir da venda efetiva dos produtos ou do recrutamento de novos vendedores . Diferencia-se do chamado “esquema de pirâmide” por ter a maior parte de seus rendimentos oriunda da venda dos produtos, enquanto, na pirâmide, os lucros vêm, apenas ou maioritariamente, do recrutamento de novos vendedores.

Nos Estados Unidos, uma forma de diferenciar os dois sistemas é a chamada regra dos 70%: se a empresa tem 70% ou mais de seu rendimento advindo dos produtos, é marketing em rede, senão é pirâmide .

 O começo

Carl Rehnborg foi quem criou o primeiro plano de comissões para diferentes níveis em 1941, quando criou um suplemento nutricional e fundou a Nutrilite. Uma década depois, a empresa foi adquirida pela Amway, a primeira empresa a fundamentar seu modelo comercial em MMN.

Foram anos de desafios para provar ao mercado que sua atividade era legal. Em 1979, a Comissão Federal de Comércio Americana, definiu o marketing multinível como um negócio legitimo.

 “Quer resultados diferentes, faça algo diferente”

Como funcionário, você faz a empresa funcionar. Ou seja, em troca do salário, você vai produzir riqueza para seu patrão. E seu patrão, vai ter que fazer você funcionar muito bem, porque a cada dia, a concorrência, o governo, a burocracia, os problemas de mão de obra, os altos custos de mídia, não garantirão sucesso, motivo pelo qual, muitas empresas não chegam sequer a dois anos de vida.

Como funciona

A ABEVD (Associação Brasileira de Vendas Diretas) é a instituição que apoia a atividade no Brasil. Natura, Avon, Jequiti, entre muitas outras companhias, vendem seus produtos através da Venda Direta com suas consultoras e revendedoras e vendem produtos através de um catalogo, ganhando comissão pelas vendas efetivadas.

Já no sistema de MMN, os distribuidores independentes se cadastram na Companhia e passam a ter direito de vender, usar e duplicar o negócio, ganhando comissão e renda sobre o grupo de pessoas que também se cadastrou e que se encontra no grupo destes.

Cada empresa possui um plano de ganhos para motivar os distribuidores e um sistema de treinamento para qualificar a rede.

É dessa forma, que cada vez mais pessoas estão transformando suas vidas e obtendo resultados financeiros expressivos, porque, o MMN oferece a real oportunidade de conquistar liberdade econômico financeira.

Vantagens do marketing multinível

  • Possibilidade de ganhos financeiros reais;
  • Ampliação da visão de vendas e de negócios;
  • Investimento financeiro baixo;
  • Ganhos de muitos novos amigos;
  • Apoio recíproco entre todos. Um distribuidor sempre ajuda outro para que todos ganhem;
  • Premiações extras que fazem diferença na vida de todos;
  • Viagens nacionais e internacionais por metas atingidas;
  • Aprimoramento e crescimento pessoal e profissional;
  • Liberdade de horário;
  • Possibilidade de se trabalhar paralelo ao trabalho tradicional

“As pessoas vão ao longo dos anos se frustrando com seus empregos e negócios tradicionais e começam a diminuir seus sonhos, o dinheiro acaba, mas o mês continua…”

Com o MMN, as pessoas podem ter uma renda extra ou uma renda extraordinária.

Recomenda-se que dediquem duas a três horas por dia a empresa escolhida, como Plano B. Ou seja, devem continuar trabalhando nas atividades tradicionais, até que o ganho do plano B, supere os ganhos do plano A.

Quando isso ocorrer, convém ampliar o tempo de dedicação para que os ganhos aumentem significativamente.

Na prática,as pessoas precisam aprender a fazer o dinheiro trabalhar por elas e não elas trabalharem para ganhar dinheiro.

Entenda: 100% do seu esforço vale muito. Mais se 100 pessoas estiverem na sua rede, enquanto você está fazendo a sua parte, outras pessoas também estarão, só que você ganhará dinheiro sobre a produtividade delas. Essa forma de trabalhar, tem feito milhares de pessoas ganharem muito dinheiro e se tornarem milionárias. É melhor ganhar 1% do esforço de 100 pessoas do que 100% do seu próprio esforço.

Essa é a questão: se você trabalhar mais, fazendo horas extras no seu emprego tradicional, ficará milionário? Certamente não. Mas no MMN, quanto maior for sua dedicação, melhor será seu resultado.

O MMN é pra todo mundo?

O MMN é para quem tem desejo e necessidade ober melhores resultados financeiros. É para quem não fica dando desculpas a si mesmo ou culpando a vida ou o passado pelo que está colhendo no presente.

Esse é o ponto. O que você tem hoje, foi plantado por você a anos atras, porque você é resultado das suas escolhas. Para ter resultados diferentes, é preciso fazer coisas diferentes e não ficar lamentando, deixando o tempo passar ou insistindo no que você sabe que não vai mudar nada em sua vida.

Mas eu não gosto de vender?! Existem muitas pessoas que gostam do que fazem, mas não ganham o que gostariam. Já pensou na possibilidade de fazer o que não gosta para ter melhores resultados, porque mesmo não gostando de vender, você vai acabar encontrando e colocando pessoas na sua rede que amam vender. E vendem tanto, que compensa o fato de você não vender.

Mas eu não gosto de convidar pessoas?! Você vai aprender a desenvolver essa nova atividade para ter melhores resultados. Isso passa por aprender a oferecer  possibilidade das pessoas também mudarem de vida, de patamar financeiro. Quem não quer ajudar e ser ajudado na busca por conquistas?!

Mas eu não sei explicar o negócio?! Ninguém nasce sabendo. Aos poucos seu patrocinador (que o convidou e te colocou no negócio) vai suprindo suas carências e ajudá-lo a ter o retorno desejado, dentro de suas limitações, que tendem a serem superadas. É normal, pessoas que ganham milhões, deixarem de ser timidas, retraidas e passarem a ser comunicativas.

Sem contar que existe um sistema de treinamento a sua disposição. É uma receita de bolo. É só seguir. E se mesmo assim, você não gostar de explicar o negócio, tem muita gente da sua linha ascendente e palestrantes em Reuniões Abertas que irão fazer isso por você.

Mas isso é uma pirâmide?! Não é. Pirâmide é crime. O Multinível é uma atividade aceita e cada vez mais difundida mundo afora.

Acho que pouca gente vai chegar no topo?! Cerca de 5% vai construir um império.

Nas empresas tradicionais este índice não chega a 2%. E lembre-se que o topo da piramide social, mostra que 3% da riqueza do mundo está concentrada para muita pouca gente.

São inúmeras as questões, mais fazendo o que você faz hoje, conseguirá construir o que deseja?

Pare de ficar dando desculpas para si mesmo. Comece a ver as coisas por outro angulo. Você pode vencer. Pode ganhar dinheiro e ser uma pessoa e um profissional muito melhor.

Como avaliar uma empresa

Existem muito boas empresas no Brasil com excelentes produtos e planos de ganho. A revista SUCESSO apresenta agora, um Check-List para avaliar uma companhia. Mas é fundamental, que você antes de mais nada, verifique se a empresa está a associada a ABEVD ou outras instituições internacionais.

  1. FORÇA E IMAGEM DA MARCA (É conhecida? Possui histórico de sucesso ou você vai ter que fazer a marca ficar conhecida e ser respeitada?)
  1. GESTÃO EMPRESARIAL E INFRA ESTRUTURA (Os executivos são conhecidos no meio? Todo o material é de bom gosto? A gestão é profissional? Qualificação dos sócios? Como é a Infra Estrutura?)
  1. QUALIDADE DOS PRODUTOS (São exclusivos? Inovadores? De fácil aceitação)
  1. PREÇO DOS PRODUTOS (São vendáveis? De acordo com o mercado?)
  1. MIX DE PRODUTOS (Atendem a vários públicos? Atendem a um público segmentado com múltiplos produtos?)
  1. PLANO DE NEGÓCIOS (Oferece ganhos reais a curto, médio e longo prazos? Com os ganhos propostos você vai trabalhar pra você ou para a empresa?)
  1. TEMPO DE EXISTÊNCIA (Quando foi fundada? Já passou da fase de testes? Está consolidada?)
  1. LOGÍSTICA (Entrega nas datas acertadas? Sempre tem os produtos necessários, mesmo em épocas de forte demanda?)
  1. SISTEMA DE TREINAMENTO (Oferece treinamento qualificado e com valor acessível? Site, videos, materiais de qualidade?)
  1. NÚMERO DE DISTRIBUIDORES X CRESCIMENTO MÉDIO MENSAL (Está crescendo e possui grande potencial de crescimento?)
  1. CAPACIDADE DE INVESTIMENTO (A adesão possui taxa justa revertida em produtos?)
  1. SISTEMA DE PREMIAÇÃO E INCENTIVO (Possui gatilhos para distribuir prêmios interessantes a curto prazo? Os prêmios são atrativos e vantajosos?)
  1. VANTAGENS SOBRE CONCORRENTES (Quais as vantagens sobre as empresas concorrentes?)
  1. AFINIDADE PESSOAL COM A EMPRESA (Se identificou com a empresa de forma emocional e racionalmente?)
  1. DIVERSIDADE DE PRODUTOS E SEGMENTOS (A empresa atende a múltiplos segmentos? Os produtos são de uso diário?
  1. POTENCIAL DE CRESCIMENTO NO BRASIL E EM OUTROS PAÍSES (Pode crescer no Brasil e expandir o negócio para outros países ou o mercado internacional já está bem trabalhado?)
  1. TAXA DE REJEIÇÃO (Ao falar da marca a imagem é positiva ou possui rejeição?)

“As pessoas precisam aprender a não trabalharem para ganhar dinheiro e sim para fazer o dinheiro trabalhar pra elas”

Cada vez mais empresas irão adotar o Marketing De Rede ( MMN).

As empresas brasileiras estão descobrindo a força do MMN e muitas grandes marcas, nos próximos anos, irão lançar produtos para comercialização exclusivamente através deste canal.

Os custos de lojas, mídia, vendedores, encargos trabalhistas, estoque, logística e filiais, já soa como um desestimulo, quando comparada a força da propaganda boca-a-boca e ao fato dos distribuidores serem independentes sem vínculo trabalhista.

A Natura que atua com venda direta, possui um batalhão com mais de 1 milhão e meio de consultoras por todo o país. Avon idem.

E boa parte do lucro que o MMN oferece, volta em forma de ganhos e prêmios para os Distribuidores. Por isso que milhares deles conquistam ganhos financeiros super expressivos.

E esse resultado só depende do tamanho do cachorro que está correndo atrás de você. Se for um poodle, você não vai ter medo e não vai correr. Mas se for um pitbull, você terá que correr muito.

Então corra, porque todo dia um leão vai sair a procura de uma gazela pra se alimentar. E todo dia a gazela vai correr muito pra não ser devorada pelo leão.

Se eu fosse você, começava a escrever uma nova história pra sua vida, sendo um leão pra conseguir o que deseja e não uma gazela que poderá ser devorada pelas frustrações.

“Você será autônomo, terá o treinamento apropriado e não terá chefes pegando no seu pé. Os resultados serão consequência direta do seu esforço”.    Max Gehringer

O marketing multinível para…

Robert Kiyosaki (É um grande empresário, escritor e Conferencista internacional). Ele disse que funciona e chamou de Network Marketing.

Donald Trump (Magnata americano e candidato a presidência dos EUA) falou que funciona e chamou de Multilevel Marketing.

Max Gehringer (Especialista em gestão empresarial e apresentador de um quadro no programa Fantástico da TV Globo) falou que funciona e chamou de Marketing de Relacionamento.

Bill Clinton (Ex-Presidente dos Estados Unidos) falou que funciona e chamou de Marketing Multilevel.

Um amigo assalariado que idolatra seu vale refeição disse que não funciona e chamou de pirâmide.

Em quem devemos acreditar?

Fonte: http://www.sucessonetwork.com.br/

Para conhecer nossa Empresa de Marketing de Rede, entre em CONTATO !

MANUELDOLIVEIRAFILHO

COMO VOCÊ MANTÉM UMA VISÃO POSITIVA DA VIDA?

É tudo sobre a perspectiva. É impossível ser frustrado quando você é grato, e sempre há algo para agradecer. Lembre-se de que algumas pessoas estão rezando pelas coisas que você considera como garantidas.

O que quer que você se concentre se multiplica. Se você está focado em seus problemas ou frustrações, eles ficam maiores. Mas se você se concentrar no que agradece, a gratidão assume. Sempre que estou de mau humor ou me sinto negativo, mudo para a gratidão . Me faço três perguntas antes de começar meu dia:

1.  Sobre o que estou entusiasmado?
2. O que eu agradeço?
3. O que estou comprometido a fazer acontecer hoje, não importa o quê?

Como você encontra uma sensação de propósito em sua vida?

Para mim, é menos sobre propósito e mais sobre conhecer a si mesmo, sabendo como desencadear seu próprio fogo e saber o que é mais importante para você.

Não vale a pena ficar esperando que tudo na vida se alinhe perfeitamente. Isso é perda de tempo. Através de tentativa e erro, ação consistente, encontrando seus pontos fortes, identificando suas fraquezas e verdadeira autoconsciência, você descobrirá o que você quer para o resto de sua vida. Eu acredito que é mais sobre a realização do que apenas propósito.

Como você permanece fiel à sua visão, apesar dos obstáculos, contratempos ou falhas?

Primeiro, entendo que o fracasso é uma parte crucial do crescimento real, e pode ser uma coisa boa se abordado com a perspectiva certa. Não só o fracasso lhe dá uma nova perspectiva, mas uma perspectiva diferente da que você tinha antes. Quando você entende que o fracasso é bom, você assume isso com coragem e confiança. Você se torna mais sábio, e quando você tem um maior senso de compreensão sobre o que você falhou, seja na vida ou nos negócios, você pode tomar melhores decisões.

Depois de mudar sua perspectiva e entender que o fracasso é um ingrediente necessário da fórmula de sucesso, então você pode começar a se adaptar. Como você responde a falha determina seu sucesso.

Uma alta tolerância tanto ao estresse como ao fracasso é uma habilidade que as pessoas bem-sucedidas são altamente remuneradas. Então, o primeiro passo é entender que o fracasso não é apenas comum, é crucial e o sucesso não acontecerá sem ele. Quando você aprende a abraçar incerteza e fracasso, você realmente achará emocionante e estimulante. Eu gosto de falhar porque eu aprendo com isso, e minhas cicatrizes de batalha são o que me fez a pessoa que eu sou hoje.

Como você traz clareza à sua vida?

O sucesso é sobre se adaptar e ajustar de forma consistente, e quando você conceitua completamente que o caos está garantido, você aprenderá a aceitá-lo e a manobra-lo corretamente.

A fim de prosperar em empreendedorismo e negócios, você deve aprender a mudar de complexidade para simplicidade. A clareza é um subproduto da simplicidade e conhece suas prioridades. Quando você se livrar de todo o barulho na sua cabeça e se concentrar nas poucas atividades que mais importam, você ganhará um novo senso de consciência e clareza.

Não tente ser ótimo em 50 coisas. Seja obcecado com as poucas coisas que podem realmente mover seu negócio para a frente.

Estes são conselhos de vida do autor e empreendedor americano Peter Voogd.

Fonte: http://www.sucessonetwork.com.br/

Leia também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

O QUE ESTUDAR PRA EMPREENDER?

O que estudar ou se graduar pra ser dono de seu próprio negócio?

Atualmente os jovens (geração millenials ou  geração Y), nascidos entre as décadas de 80 a 90,  e mais ainda os recém saídos das escolas, a geração Z (Centennials ou Generation) , nascidos em 90 a 2010, certamente não pensam como as gerações passadas, onde os nossos drives mentais foram formatados pelos nossos pais e avós (geração babyboomers e silenciosa), na qual a busca pela independência financeira estava estritamente relacionada a ser somente um empregado, estudar para ter um diploma, realizar pós gradações para aperfeiçoar seus currículos na corrida para um grande cargo e salário, a fim de alavancar sua carreira profissional e alcançar ótimas posições, e ao final da vida se aposentar com uma única renda após décadas de trabalho numa só empresa.

Isso tudo mudou radicalmente, pois uma geração nascida conectada ao mundo virtual w.w.w da internet das coisas, multifacetada, multifuncional, onde a velocidade e a interatividade são seus pontos fortes, fica difícil se fixarem a horários, rotinas e aos antigos hábitos e ambientes de trabalho.

Em época de preparação para vestibular, a grande dúvida é qual curso escolher para se preparar para ser um dono de empresa. Muitas alternativas embaralham a cabeça de nossos jovens, como também na virada do ano, muitos adultos já empregados e graduados, na busca de um futuro promissor e com mais independência na carreira e de vida, procuram novas possibilidades de profissões e mercados. Por isso o interesse em graduações com nível superior como bacharelado, ou tecnólogo (nível 3º grau superior sem bacharelado) ou até mesmo por cursos de curta duração em sistema EAD (à distância), tem crescido bastante nos últimos anos nas Universidades, Faculdades e redes de ensino.

Estudantes ou pós graduados de outras áreas que pretendem empreender num futuro próximo, mas que acham importante uma preparação mais completa ou até graduação com enfoque no empreendedorismo e gestão, que pretendem montar com mais confiança e credibilidade os seus próprios negócios, as opções de formação são os bacharelados (3º grau nível superior) nas áreas da Administração, Gestão Comercial, Processos Gerenciais, Comércio Exterior ou Negócios Internacionais, Gestão Financeira e outros.

Nos cursos de graduação bacharelado a duração é de 4anos e o curso de Administração é o mais popular e completo, uma vez que abrange os negócios, finanças, contabilidade, direito, estatística, logística, marketing e recursos humanos.

Hoje em dia justamente devido a geração Y e Z não gostarem de perder tempo e dinheiro com deslocamentos e trânsito, nem ficarem desconectados dentro de uma sala de aula ou distantes das interfaces digitais, para conciliar estudo e trabalho ou atividades do dia a dia tem preferido se inscrever nos cursos à distância (EAD).

Listamos abaixo algumas modalidades de graduações e cursos nas principais faculdades do Sudeste.

_Graduação

Administração

http://www2.espm.br/cursos/espm-sao-paulo/administracao

https://www.ibmec.br/sp/cursos/graduacao/gestao-e-negocios/administracao

http://vestibular.fgv.br/cursos/curso-de-administracao-de-empresas-sp

http://www.fecap.br/graduacao/

_Empreendedorismo

https://www.insper.edu.br/empreendedorismo/cursos_e_disciplinas/

_Graduação tecnológica/Tecnólogo (superior/3º grau/sem bacharelado)

1.Tecnólogo em Empreendedorismo

2anos/a distancia

http://anhanguera.com/graduacao/cursos/superior-de-tecnologia-em-empreendedorismo.php

http://www.unoparead.com.br/documentos/guia-percurso/empreendedorismo.pdf?v=3

2.Gestão Comercial

2anos/EAD

 http://www.unicid.edu.br/graduacao/curso/gestco-comercial

http://www.riobrancofac.edu.br/site/cursos/graduacao-tecnologica/gestao-comercial/gestao-comercial.aspx

3.Gestão Financeira

http://www.saintpaul.com.br/graduacao/vestibular.html

_Cursos de pequena duração

1.PUC 4 meses

http://www.pucsp.br/pos-graduacao/especializacao-e-mba/empreendedorismo-e-gestao

MANUELDOLIVEIRAFILHO

7 TIPOS DE NEGÓCIOS QUE VOCÊ PODE ABRIR COM POUCO DINHEIRO

Você está sonhando em abrir seu próprio negócio, mas não tem muito dinheiro para investir. Fique tranquilo: você não é o único! Por mais que existam maneiras de conseguir o valor necessário (empréstimos, por exemplo), é possível optar por aportes pequenos.

Tenha em mente que todo tipo de negócio envolverá alguns gastos. Por exemplo: você terá de criar um domínio e um site, desenvolver uma estratégia de marketing e comprar equipamentos. Vale, portanto, fazer um plano de negócio antes de começar. Na hora de escolher o produto ou serviço que vai oferecer, leve os custos de produção e manutenção em conta.

1. Criações próprias
Nada melhor do que ganhar dinheiro fazendo aquilo que você já sabe. Por exemplo, se você é um pintor, pode vender suas obras de arte gastando nada mais do que os instrumentos que vai usar. Plataformas online gratuitas podem ajudá-lo com as vendas.

2. Serviços em casa
Esse tipo de serviço é rentável e não exige muitos gastos. Se você trabalha em casa – ou na vizinhança –, poupa tempo e economiza dinheiro. Como exemplo, pode-se citar o trabalho de babá ou passeador de cães.

3. Trabalhos de conserto
Assim como os serviços em casa, esse tipo de negócio não exige um ambiente de trabalho estabelecido e nenhum investimento exceto o das ferramentas. Se você possui algumas habilidades na área, pode trabalhar em conserto domésticos. Também pode fazer reparos em roupas.

4. Consultoria
Muitas pessoas só pensam em se tornar empreendedores depois de terem passado por muitos anos de experiência profissional. Com essa bagagem, podem abrir uma consultoria. A atividade exige pouco investimento inicial e, se o empreendedor aproveitar seus contatos profissionais, pode ser bastante rentável.

5. Revenda
O sistema é simples: você adquire produtos e os vende para outras pessoas. Você pode ser um representante de vendas, distribuidor ou atacadista. No último caso, será preciso fazer um investimento inicial maior, para formação de estoque.

6. Microempreendedorismo
Por último, você pode criar um mininegócio. Pode trabalhar em apps de serviço como Uber, alugar sua casa em plataformas como o AirBnB… As opções são muitas e, na maioria dos casos, o investimento inicial é baixíssimo.

7.  Marketing de Rede

Marketing de Rede trata-se de uma estratégia empresarial de distribuição de bens ou serviços, onde a divulgação dos produtos se dá pela indicação “boca a boca” feita pelos distribuidores independentes. O negócio é de baixíssimo investimento, alto retorno e sem risco, pois sua única adesão é um kit de produtos que poderá consumir ou revendê-lo. Atualmente o Marketing de rede é a melhor opção em época de crise para iniciar seu próprio negócio. Para saber mais sobre Marketing de rede acesse AQUI

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA

Como acreditar nas promessas de ganhar dinheiro com tantas opções que vemos hoje em dia. Pois é, vamos desmistificar o que é INDEPENDÊNCIA  FINANCEIRA. Para a maioria das pessoas ter isso em sua vidas é praticamente impossível pois elas vivem presas no chamado “Senso Comum” que resume que somos feitos para ter um emprego. Mas ter Independência Financeira exige  responsabilidade, comprometimento, ter compromissos fortes para conquistar esse patamar na vida. Essa é a questão, as pessoas tem medo de ter compromissos por causa da sua zona de conforto. Para elas sair na sua zona de conforto é gastar muita energia, e desconfortável e isso faz com que as pessoas engavetem seus projetos por não ter coragem de colocá-los em prática. Pois ganhar dinheiro sem trabalho não existe, tudo requer muito trabalho. Infelizmente vemos promessas milagrosas de ganhar dinheiro fácil a todo momento e muitos se iludem nessa armadilha. Culturalmente somos ensinados a ter um emprego desde quando somos crianças, ouvimos nossos Pais nos falando, nossos colegas da escola, nossos amigos, enfim, somos influenciados a todo momento a ficar presos no “Senso Comum”onde a opinião da maioria importa. Nem sempre isso é verdade, temos o livre arbrítio de sermos o que quisermos. Não permita que pessoas fracassadas digam que você não é capaz de conquistar o que deseja, independente do que seja, siga a sua intuição e fique próximas de pessoas de sucesso, de pessoas que conquistaram seus sonhos. Você é a média das cinco pessoas que mais convive, talvez isso seja o que está impedindo de realizar os seus projetos, escolha bem seus amigos e influenciadores de opinião. Se for alguém muito próximo de você, como Pais ou Cônjuge, então o que resta é adicionar novas informações como leituras, palestras, etc. Isso vai fazer você blindar sua mente de todo negativismo que vivemos no mundo e te dará um horizonte para ampliar seus conhecimentos e conseqüentemente conquistar seus objetivos maiores do que simplesmente para suas contas.

Não sou contra ao emprego mas quero deixar claro que existe uma forma de obter renda sem depender de terceiros para sobreviver, e talvez você esteja preso no Senso Comum por influência da sociedade em que nós vivemos. A boa notícia é que você pode se libertar disso se quiser, através da mudança de mentalidade. Isso é possível através de cursos, leitura e de uma boa mentoria. Muito provavelmente você tem grandes sonhos e não consegue realizada-los por causa da sua renda e infelizmente as pessoas diminuem seus sonhos proporcionalmente a sua renda e vivem assim por longos anos de suas vidas. E no final acabam se conformando que ter sonhos é conseguir pagar suas contas, que é um grande erro.

Sou Manuel, Empreendedor e Consultor de Marketing de Rede. Passei por essas etapas na minha vida e hoje trabalho com pessoas ajudando-as a conquistar seus objetivos. Me contate para saber mais, deixe seu contato clicando AQUI  e em breve retornarei o contato para termos uma conversa inicial para saber o que você realmente precisa. Forte Abraço !

Leia também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

THE MONEY IS FAKE

A frase “The Money is fake” (O dinheiro é falso) dito por um dos maiores empresários e investidores do mundo e autor da obra prima “Pai Rico e Pai Pobre” Um dos livros mais vendidos do mundo, Robert Kiyosaki, em um congresso em São Paulo nos dias 23 e 24 de Setembro ele palestrou para mais de 5000 pessoas passando a atual situação econômica Mundial. As previsões segundo ele não são animadoras para o mundo, pois o que vemos é um ciclo vicioso dos países emitir moedas no mercado sem um controle das Políticas monetárias. Isso acontece quando a moeda perde seu valor de compra e consequentemente gera inflação e o empobrecimento das pessoas.

O maior problema foi quando o Presidente Americano em 1971 Richard Nixon desvinculou o dólar Americano do Lastre de Ouro. Isso gerou um “descontrole” monetário pelo mundo onde todos os países também fizeram parte da corrida de emissão de suas moedas no mercado. Segundo Robert Kiyosaki teremos um colapso Global devido a essa forma como o mercado cambial está se comportando. Ou seja, o dólar pode perder seu valor de um dia para noite afetando todas as outras moedas mundiais. E quando isso acontecer poderemos ter uma crise igual dimensão ou pior vivida na “Depressão em 1929″. Os maiores afetados serão os países pobres e as classe sociais mais pobres do mundo. Por isso o nome: ” The Money is fake” – (O dinheiro é falso).  O que chama atenção desse cenário é que a maioria das pessoas economicamente ativas não estão preparadas para essa realidade. Muitos especialistas já dizem que trabalhar para terceiros é mais arriscado do que ter seu próprio negócio.

Esse quadrante acima feito por Robert Kiyosaki mostra onde as pessoas estão no mercado. Você provávelmente deve estar em algum quadrante, já sabe onde está ? Pois é, você notou a diferença? A boa notícia que você pode estar no quadrante “D” ou “I” Mas nem todos estarão preparados para isso por causa do “Mindset” (Mentalidade), ou seja, a educação financeira. Por que você acha que nas escolas ou Universidades não é ensinado sobre educação financeira? Muito simples a resposta, porque somos criados pelo “sistema” a trabalhar para alguém e dar dinheiro para o banco. Agora eu pergunto, por que as pessoas não criam sua própria economia? Se você criar sua própria economia poderá migrar para o quadrante “D” ou “I”. Para os empresários e grandes investidores a melhor forma de proteger seus ativos é investir em metais preciosos como o ouro e a prata, pois esse metais não perdem valor tanto como o papel moeda. “Os Ricos não trabalham por dinheiro, é o dinheiro que trabalha para eles”

  (Robert Kiyosaki).

Meu nome é Manuel D Oliveira Filho, trabalho com Marketing de Rede e se quiser ter seu próprio negócio, sem chefes, com liberdade de horário, liberdade Geográfica e mais tempo para você e sua família e conquistar Independência Financeira com Qualidade de Vida. Entre em contato e SAIBA MAIS.

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

A EXPANSÃO DO MARKETING MULTINÍVEL NO BRASIL

Muito se ouve sobre o mercado de empresas que distribuem seus produtos por meio do marketing multinível, através de diversas denominações: Marketing de Rede, Marketing Multinível ou Marketing de Relacionamento.

O primeiro indício de uma empresa datam no ano de 1903 por Watkins Brothers com a distribuição dos produtos da sua empresa. Ele permitiu que os distribuidores comprassem diretamente da empresa e vendessem pro consumidor final. Com essa eliminação de etapas do processo que envolvem o atacado e varejo, é possível reduzir custos e fazer o produto chegar mais barato nas mãos do consumidor.

Mas o que é esse tal marketing de multinível??

O marketing de multinível esta atrelado a indústria de vendas diretas. O multinível permite pagar comissões em vários níveis de distribuição, diferente do mononível em que o distribuidor apenas recebe no valor da revenda dos produtos. O mercado de vendas diretas permite que os produtos cheguem ao consumidor final sem os atravessadores (centros de distribuição e atacados) direto para o consumidor final poupando toda a oneração causada por estes. Empresas tradicionais, que não atuam nessa modalidade, têm o processo baseado em:
produção de bens ou serviços > distribuição por meio de representantes ou centros de distribuição > venda aos atacados > revenda aos varejistas > consumidor final.

Legislação

Em alguns países o negócio já esta mais desenvolvido e com a legislação aprovada há alguns anos. Nos EUA por exemplo, foi regulamentado em 1979 pela Comissão Federal de Comércio.

Atualmente quem regulamenta as empresas de vendas diretas no país é a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), na qual adotou o código de conduta da World Federation Direct Selling Association (WFDSA) apoiando tanto a venda direta como o Marketing Multinível.

O Brasil ainda engatinha nessa questão, porém já existem dados e informações que o governo disponibiliza para consultas. No site da ABEVD é possível encontrar as empresas associadas aqui no país que tem o seguimento de vendas, tanto mononível, como Avon e Natura, quanto o multinível, como Mary Kay, Herbalife e MonaVie.

A legislação brasileira ainda tramita as leis especificas sobre a indústria de marketing multinível, porém com a crescente onda de empresas piramidal se dizendo empresa de marketing multinível levou o governo a se pronunciar e esclarecer aos cidadãos a diferença. Foi então elaborado um boletim informativo e publicado no site da Comissão dos Direitos Mobiliários (CVM) e nos principais meios de comunicação sobre vendas diretas.

O que Marketing Multinível representa na economia?

Diferente do Brasil, outros países já demonstram um grande crescimento econômico neste setor. Segundo a Direct Selling Association (DSA):

  • 27% do PIB americano são provenientes da indústria do Marketing Multinível;
  • 24% do PIB japonês é proveniente da indústria do Marketing Multinível;
  • 20% dos milionários americanos construíram sua fortuna com negócios baseados em Marketing Multinível;
  • O setor já representa 96,7% do faturamento do setor de Vendas Diretas.

Nos Estados Unidos, empresas como Coca-cola, Colgate Palmolive e Cit Bank, têm suas próprias divisões do Marketing Multinível ou utilizam da estrutura de empresas do setor para escoar alguma linha de produtos, com características relacionadas a esse sistema de vendas. Como podemos perceber, algumas empresas que atuam no Brasil com venda direta mononível perceberam a tendência de mercado e desenvolve suas atividades fora do país como marketing multinível.

No Brasil, esse modelo de negócio apenas começou a se formar. Em 2013 foi faturado UU$ 166 bilhões no mundo com vendas diretas onde, de acordo com a ABEVD, o Brasil é o 4º lugar com 38,8 bilhões. Para endossar as afirmações de que o Brasil crescerá nesse mercado, além do desenvolvimento incontestável das tradicionais empresas do setor, como Herbalife, Mary Kay e Amway Corporation, podemos apontar a entrada de algumas gigantes tradicionais como Unibanco, TAM Linhas Aéreas, Itaú, Banco do Brasil e Jequeti.

A comum confusão: Marketing Multinível X Pirâmide financeira

Há no mercado algumas empresas que se disfarçam de marketing multinível, porém são de esquema Ponzi ou mais conhecida como pirâmide financeira, tornando-se cada vez mais comum.

Um dos primeiros registros datam no ano de 1920 tendo como principal figura o ítalo-americano Charles Ponzi, o autor da maior fraude já registrada. O esquema Ponzi é baseado em pessoas e não em produtos e configurado como crime na maioria dos países. As principais características para recrutar novos distribuidores são:

  • Promessa de altíssimos rendimentos em curto prazo;
  • Obtenção de rendimentos financeiros que não estão bem documentados;
  • Geralmente dirigido a um público não financeiramente esclarecido;
  • Ausência de produtos, uso de produtos que são vendidos a um preço com alto valor referente ao preço real de mercado ou até mesmo produtos sem relevância alguma (ex. disquete, produtos sem permissão de venda ou ausência de regulamentação dos órgãos competentes – ANVISA, ANATEL, etc.). A venda dos produtos é considerada atividade secundária, já que o mais importante é recrutar novas pessoas;
  • Movimentação apenas de dinheiro;
  • Nenhum vínculo com leis e arrecadação de impostos federais. Em geral, os participantes acabam “pagando para trabalhar”.

Quem recomenda trabalhar com o marketing multinível?

Algumas personalidades e autores renomados e reconhecidos internacionalmente recomendam o marketing multinível. Cientificam que é possível começar com um baixo investimento, possibilitando ter uma renda extra ou até mesmo estimulam criar um negócio próprio, dependendo do objetivo do interessado. Indicam também pelo desenvolvimento pessoal e profissional onde muitas vezes é visto como uma escola de negócios onde é possível desenvolver inúmeras habilidades tais como: liderança, oratória, resiliência, capacidade de trabalhar e desenvolver equipes dinâmicas.

Os autores que mais indicam esse mercado são: Robert Kiyosaki, Donald Trump, Max Gehringer, Roberto Shiniashik, entre outros. Além disso, o marketing multinível ganhou espaço nas grades curriculares em muitas universidades.

O marketing multinível cresce a cada dia no país e traz a proposta de desenvolver o empreendedorismo, sem necessidade de um alto investimento inicial. Apesar do Brasil ainda estar no início da expansão desse mercado, é visível a tendência desse modelo de negócio no exterior, onde também é desenvolvido em busca de uma aposentadoria digna e independente, como mostra um artigo da Forbes, recentemente publicado.

Além da possibilidade de abrir o próprio negócio, o marketing multinível possibilita mudança de estilo de vida através de seus produtos – normalmente de alta qualidade – e um moderno modelo de negócio. É uma ótima oportunidade para quem busca complementar sua renda, construir riqueza e sair do tradicional modelo industrial de trabalho: das 8h às 18h. E sim, você não será pago como empresário se o encarar como um hobby.

Saiba mais…

Fonte: Portal Do Administrador.

MANUELDOLIVEIRAFILHO

FINANÇAS – COMO AUMENTAR SUA RENDA EM MOMENTOS DE CRISE

                           VOCÊ NO CONTROLE DE SUAS FINANÇAS

Nosso sistema de Marketing tem a preocupação de estabelecer um entendimento simples para um dos desafios mais importantes na vida das pessoas:
O desafio de se construir a Independência Financeira.
E esse desafio passa pela questão “Quem está no controle da sua vida financeira?”
Afinal, problemas são comuns em nossas vidas.
Temos que enfrentá-los da melhor forma e administrá-los a fim de que no final esteja tudo bem.
E muitos destes problemas estarão relacionados com o DINHEIRO.
Acredito nisto, porque todos nós temos a ambição de realizar grandes sonhos, porém, muitos deles dependerão do quanto de entrada de dinheiro possuímos no mês.
Em um planejamento visando a independência financeira nós precisaremos ficar atentos a três princípios:

1) Ganhar mais dinheiro;

2) Gastar menos e

3) Guardar para o futuro.

Não podemos simplesmente buscar ganhar mais só por que as nossas contas estão subindo bastante e que o salário não está mais fazendo frente a tanta despesa.
Isso não atende os três princípios acima.
Precisamos trabalhar com os três princípios em conjunto.
O ideal seria guardarmos pelo menos 10% de tudo que ganhamos no mês.
Mas, como guardar se o que ganhamos não dá para pagar as contas?
Uma forma é reduzir os gastos e a outra é o aumento dos ganhos.
Nosso sistema possibilita o aumento dos seus ganhos.
E quando eu digo isso, eu estou afirmando que é aumentar os seus ganhos agora, de imediato.
Aumentar os ganhos mensais passa por uma atividade que você pode desenvolver, paralelamente ao seu emprego atual, e que possa gerar mais renda.
E se puder ser realizado nas horas vagas, melhor ainda.
Nossa proposta se encaixa exatamente aí.
Podemos trabalhar em nossas horas vagas, conversando com as pessoas que conhecemos e também, de forma on-line, colocando a internet para trabalhar por nós, até mesmo na hora em que estamos dormindo.
E nossa atividade é dentro de um mercado que está expandindo-se de uma forma muito rápida e, cada vez mais, está ao alcance do povo brasileiro.
Estamos falando do comércio eletrônico.
Mas, não estou falando de qualquer modelo de comércio eletrônico.
Estou lhe dando a oportunidade de ter uma Loja Virtual, com mais de 1.200 produtos, bastante desejados, de uma marca que já é uma das que mais vende na internet brasileira.
Você será o possuidor de uma Loja Virtual.
Esta é a nossa proposta para você…
Construir Independência Financeira a partir da construção da sua Rede de Lojas Virtuais.
E uma das formas de saber mais sobre a construção dessa Rede de Lojas entre em contato conosco através do “Fale Conosco” ou acesse AQUI para mais detalhes sobre nossa proposta das Lojas Virtuais.

MANUELDOLIVEIRAFILHO
1