• +(011)992413934
  • contato@missaoempreendedora.net.br

Os desafios e a liberdade de ser seu próprio chefe

Os desafios e a liberdade de ser seu próprio chefe

Todos os dias, a maior parte de nós é obrigada a prestar contas a alguém superior no ambiente de trabalho sobre os horários em que chegamos e saímos da empresa, sobre as tarefas pelas quais somos responsáveis e sobre os resultados que estamos atingindo. Esse tipo de pressão é intenso e tem levado cada vez mais pessoas a mergulhar no empreendedorismo e ser chefes de si mesmas.

De fato, a ideia de ser dono do próprio destino, controlar os próprios horários e tomar decisões por conta própria é bastante libertadora e oferece autonomia para trilhar seus caminhos. Contudo, como diz a música de Renato Russo “disciplina é liberdade”, ou seja, é preciso muita responsabilidade para garantir a assertividade das decisões a serem tomadas.

Ideias e oportunidades

Deixar o velho emprego e abrir um negócio próprio ou identificar uma possibilidade de investimentos interessante requer muita pesquisa. Antes de tomar qualquer decisão e agir, é fundamental identificar oportunidades de lucrar. Esse é o momento de correr riscos calculados e de mostrar a ousadia e a coragem de empreender. Buscar inspiração nas pessoas de sucesso é uma boa ideia, mas lembre-se de dar seus próprios passos rumo ao sucesso.

Capacitação

Sem conhecimento não há projeto que se sustente. Um currículo, por rico que seja, nunca deve ter um ponto final. O dinamismo do mercado e da vida contemporânea como um todo exige que os empreendedores façam reciclagens constantes que lhes ampliem os horizontes e ofereçam novas ideias. Palestras, cursos e especializações são mecanismos de manter abastecida essa incrível fonte de ideias chamada conhecimento. Ser chefe de si mesmo requer que estejamos sempre munidos de soluções criativas e pensamento estratégico.

Comunicação e liderança

Há uma frase famosa em Inglês que diz que “No man is an island”, cuja tradução seria “nenhum homem é uma ilha”, ou seja, ninguém é autossuficiente e não é possível viver no isolamento. Todos dependemos, em maior ou menor grau, de outras pessoas. Mesmo quem quer ser empreendedor precisa de boas habilidades comunicacionais para se relacionar com parceiros, colaboradores, clientes e para gerir equipes. Clareza, ética e objetividade são pré-requisitos para o sucesso.

Planejamento, execução e reflexão

Em qualquer área de atuação, é preciso fazer um planejamento estratégicoantes de tomar qualquer decisão. Isso requer a organização das finanças a serem investidas, do marketing, das forças de vendas e da tecnologia envolvida. Por isso, é preciso levantar e disponibilizar todos os recursos necessários para empreender. Depois, é hora de pôr os planos todos em prática, sempre atribuindo um prazo para cada etapa.

Depois de implementadas as ações, não se deve pensar que o processo chegou ao fim. É hora de avaliar se os objetivos foram alcançados e, se não o foram, investigar os porquês. Sempre há algo a ser melhorado. Não é do perfil de um empreendedor crer que tudo está perfeito. Crescer e progredir são os verbos que norteiam as ações das pessoas de sucesso, e isso só é possível por meio da ação e da reflexão sobre aquilo que foi feito.

Leia Mais…

MANUELDOLIVEIRAFILHO
MANUELDOLIVEIRAFILHO

Leave a Comment