• +(011)992413934
  • contato@missaoempreendedora.net.br

Distribuidor

Polishop cria novo evento de premiação para sua base

A Polishop continua focada em formar, apoiar e motivar sua base de empreendedores. A empresa que premia anualmente com uma viagem, os qualificados a Rubis (20.000 pontos); Esmeraldas (80.000 pontos); Diamantes (240.000 pontos); Diamantes Triplos acima: (800.000 pontos) criou uma viagem extra para os novos Rubis.

Vale a pena ressaltar que na Polishop, 1 ponto é igual a R$ 1 Real.

Ou seja, são quatro viagens por ano. Ou melhor, eram. É que para estimular os empreendedores a chegarem a Rubi, a Polishop criou O Rubi Trip Especial, que será a segunda viagem de Rubis do ano.

Na viagem deste ano, os Rubis e seus acompanhante já viajaram para Costa do Sauipe. E em Dezembro, no Rubi Trip Especial, os qualificados irão participar de um evento com acompanhante e jantar de Treinamento com os maiores líderes da empresa.

PROGRAMAÇÃO RUBI TRIP ESPECIAL:

Local: Brasilia/DF
Data: 14 a 16 de dezembro 2018
Qualificação: Pago como NOVO Rubi por 2 meses com 3 novos Kits Gold patrocinados pessoalmente no período (abril a outubro/18)

Dia 14/12 – jantar Black Tie (Os Diamantes Royals e Crowns serão os anfitriões)

Qualificação para o jantar:
Ter 5 cadastros Golds patrocinados pessoalmente E acumular 10.000 VQP (Volume de Qualificação Pesoal) no período de julho a outubro/18 (não valendo a poltrona de massagem)

Ou acumular 20.000 VQP no período (não valendo a poltrona de massagem)

Campanha válida para todos os empreendedores, independentes do PIN.

Dia 15/12 – sábado
Local Brasilia
Treinamento com os Royals (aberto a Elites e acima com convite)

VIAGENS JÁ REALIZADAS:

Rubis: Rio de Janeiro, Nanai, Cruzeiros; Disney; Resort Iberostar (Praia do Forte/BA), Costa do Sauipe

Esmeraldas: Foz do Iguaçu, Puerto Madero, Gramado e Canela, Disney; (Club Med Rio das Pedras este ano)

Diamantes: Las Vegas, Bahamas, Nova York, Los Angeles,  Dubai, Grécia/Mykonos, Turquia, (Este ano Punta Cana)

Diamantes Triplos e acima: Paris. (Este ano Africa do Sul)

Obs: A Polishop é a empresa que mais investe nos serviços e na qualidade de atendimento para impactar seus empreendedores, na opinião de todas as pessoas que já fizeram viagens por outras cias.

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Isto É Dinheiro publica artigo sobre Marketing Multinível

O Marketing Multinível ganhou espaço nas páginas da Revista Isto É Dinheiro, com artigo do Carlos Wizard sobre a Aloha e o mercado. Vale a pena ler.

 

TRANSCRITO DA REVISTA ISTO É DINHEIRO

Desde que iniciei minha jornada de negócios no setor de Marketing Multinível venho reafirmando minha paixão pelo sistema de vendas diretas. Esse é um setor que tem transformado milhares de vidas nos últimos anos, fazendo com que muitas pessoas consigam vencer os problemas financeiros, além de contribuir para que a economia do País seja impulsionada.

Dados da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) mostram que o setor gera para o Brasil R$ 415 mil em impostos arrecadados para cada R$ 1 milhão investidos. Esse valor é maior que o gerado pela indústria e a agropecuária, por exemplo.

Em 2017, o setor de vendas diretas foi responsável pela comercialização de 1,9 milhões de itens (produtos e serviços) no Brasil, o que gerou um volume de negócios que ultrapassa os R$ 45 bilhões. São mais de 4,1 milhões de pessoas trabalhando como consultores diretos das empresas.

O número deve crescer ainda mais nos próximos anos, uma vez que se trata de uma área que dá oportunidade de desenvolvimento pessoal aos mais variados perfis de pessoas, tanto para aqueles que estão começando, como para quem já tem experiência profissional. Sempre defendi a ideia que o Marketing Multinível é uma atividade inclusiva, que permite que pessoas com baixo poder aquisitivo, jovens ou idosos, com ou sem escolaridade, sejam empreendedores e tenham as suas vidas transformadas. Essa transformação não é apenas do ponto de vista financeiro, mas esse modelo de negócio contribui para a qualificação de seus membros, uma vez que as empresas líderes tem um foco muito grande no treinamento e capacitação de seus consultores.

Os dados da ABEVD corroboram com essa ideia e revelam que, das pessoas que trabalhavam com vendas diretas em 2017, 56% eram mulheres, 44% homens; 62% casados. Além disso, 48% das pessoas têm idade entre 18 e 29 anos e 46% entre 30 e 55 anos; 53% possuem o ensino médio, enquanto 31% finalizaram o ensino superior. Diante desse aumento no número de pessoas envolvidas com o setor, o Brasil está entre os países que mais realizam vendas diretas em todo o mundo, ocupando a 6ª posição global e a 2ª nas Américas (Norte, Sul e Central), com 5% de participação nas vendas diretas de todo o mundo.

Na convenção nacional Aloha realizada recentemente, afirmei que esse modelo de negócio está constantemente em busca de pessoas sem limite de idade, e sem experiência prévia no setor. O importante é que sejam pessoas determinadas, de boa vontade, e acima de tudo disciplinadas, com o objetivo de trabalhar firme para acabar com o sofrimento da alma do indivíduo causada pela ignorância e pobreza. Pois acredito firmemente, que esse modelo de negócio é a melhor forma de gerar e distribuir riquezas para todas as pessoas que o realizam de forma profissional.

Dessa forma acredito que o sistema de Marketing Multinível cumpre, verdadeiramente, um papel social e é um caminho alternativo para quem quer empreender, e dispõe de poucos recursos para iniciar o próprio negócio, permitindo que milhares de pessoas conquistem a liberdade financeira.

Sobre o autor

Carlos Wizard escreve semanalmente com dicas para que você se transforme em um milionário. Ele é fundador do grupo educacional Multi e autor do livro “Desperte um Milionário em Você”

Leia Também…

 

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Polishop promove Arraiás de Vendas e Competição e atinge novo recorde

A Polishop acabou de se superar e bateu seu novo recorde de Vendas.

Com festas juninas em seus Offices (Centros de Distribuição), que foram devidamente decorados, tematizados com comidas e bebidas típicas e promoções, os empreendedores geraram novo recorde de vendas e de cadastro na empresa.

Embora a Diretoria não revele números, sabe-se que Junho foi um mês histórico. Uma competição criada para premiar as 10 maiores vendas de produtos da Linha VIVA(Snacks e Redushake), que começou dia 02/05 e termina dia 31/07, alavancou de tal forma a venda destes produtos, que a disputa está acirradíssima para garantir, independente do PIN), 10 vagas na Viagem Esmeralda Dreams, para o Club Med, do Rio de Janeiro.

O primeiro colocado recebe ainda um MacBook Air e um Iphone X. O segundo ao quinto colocado, somente o Iphone x e do seto ao décimo, um Apple Watches.

Os lançamentos dos novos perfumes, (Success Absolut, Lovely Intensity) dos novos desodorantes roll on, dos perfumes em miniaturas, do Iluminador Glow Now, do Miracle – para crescimento de cílios, do Apontador duplo, do quarteto de sombra e do Shampoo a seco, além do tutorial que ensina as pessoas a escolherem perfume, contribuirão efetivamente para o boom de vendas.

A Polishop também lançou seu novo catálogo, com uma belíssíma capa com a nova MISS BRASIL BE EMOTION, Mayra Dias do Amazonas.

Como se sabe, o Concurso Miss Brasil, pertence a Polishop e promove a marca da linha de cosmético da empresa para todo o mundo.

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Polishop já é a segunda maior empresa de MMN do país e inova lançando ferro sem fio

A novidade foi o lançamento do ferro sem fio Ariette com inovadora estação de recarga, que mantém a temperatura do ferro a cada movimento, para passar roupas com facilidade e liberdade, sem precisar de fios pendurados no meio do caminho.

Este lançamento é um, entre 3 a 5 que a empresa faz semanalmente.

Essa busca por produtos revolucionários e exclusivos, envolve um departamento que recebe centenas de produtos de várias empresas de todo o mundo, além do desenvolvimento de produtos próprios.

A empresa também está se consolidando como a segunda maior empresa brasileira de MMN do país, em número de empreendedores e faturamento, conforme ranking que a SUCESSO irá divulgar em breve.

De forma surpreendente, a empresa acabou de comunicar que todos os novos qualificados neste mês de Junho serão convidados para participar do Esmeralda Dreams no Club Med, Rio de Janeiro.

Compre agora !

 

 

Leia Também…

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Adube a sua mente com pensamentos positivos

A DETERMINAÇÃO FAZ A DIFERENÇA

Está comprovado. O que diferencia uma pessoa que tem sucesso da outra, é a determinação.

Não é o talento, nem a aparência física, nem a inteligência, é a determinação que faz com que uma pessoa tenha sucesso.

Dra Angela Duckworth, fez um estudo com acadêmicos da Academia West Point, com estudantes, profissionais de diversas áreas, e chegou à conclusão de que a determinação, que é a perseverança em metas de longo prazo e paixão, o grande segredo do êxito.

A meta para ser mobilizadora, precisa ter um significado pessoal, fazer os seus olhos brilharem.

O que não me desafia, não me move, diz o ditado.
Você precisa se sentir desafiado a atingir a sua meta.

Meta Smart, significa que a meta precisa ser específica, mensurável, alcançável, relevante e temporal.

Estabeleça uma meta para sua vida profissional e pessoal.

A meta é o que dá um propósito e sentido para sua vida.

QUAL O SEGREDO DA MOTIVAÇÃO?

Existe uma grande diferença quando uma pessoa está motivada tanto nos estudos como no trabalho.

A motivação é o motivo para a ação.

É o que impulsiona você a fazer o seu melhor.

Ocorre quando você se identifica com o trabalho, com o conteúdo que está estudando.

Quando você percebe um crescimento tanto profissional quanto acadêmico.

Quando você define o porque está fazendo algo.

Você se motiva quando percebe os benefícios que recebe como resultado do seu desempenho.

Quando você visualiza um futuro melhor, possível e desejável.

O forte desejo de atingir uma meta, dará forças para enfrentar o dia a dia de lutas. Mandino escreveu “O fracasso jamais me surpreenderá se a minha decisão de vencer, for suficientemente forte”.

3 TÁTICAS PARA LIDAR COM OS DEMENTADORES

Dentre os personagens criado por J.K. Rowling, na saga “Harry Potter”, um dos mais enigmáticos são os dementadores.

São seres aterrorizantes e que sugam das pessoas a esperança e a felicidade.

Embora os dementadores sejam personagens fictícios, temos os dementadores na vida real.

São as pessoas com energia negativa, vivem reclamando da vida.

Usam a inveja, ciúmes, ódio, sentimentos maldosos, quando você convive com uma pessoa assim, você fica com energia baixa.

O seu limite de paciência se esgota, fica com o “balde cheio”, qualquer coisa é um motivo para você perder a calma e paciência.

O que fazer? Como podemos nos proteger contra esses dementadores?

1. Não discuta, isso é perda de tempo, apenas ouça educadamente, aprenda a engulir “sapos”.

2. Se você identificar que está falando com um dementador, filtre as informações, jogue no lixo uns 99%, tente aproveitar 1% .

3. Recarregue as baterias com pensamentos positivos de otimismo.

ADUBE A SUA MENTE

Nosso cérebro é como um jardim. Às vezes, precisamos adubá-la para que fique sempre fértil e produza muitos frutos e flores.

Podemos adubar nosso cérebro através da leitura de bons livros, revistas, jornais, filmes, vídeos etc.

Através da observação atenta do que acontece no mundo e ao redor de nós.

O cuidado que devemos ter é não deixar o cérebro ocioso.

Talvez, um dos maiores males do nosso século seja a preguiça

Do latim prigritia, a preguiça é uma característica ou atitude de uma pessoa com pouca disposição para trabalhar ou estudar.

A preguiça pode ser associada com negligência, indolência, demora ou lentidão para praticar qualquer ação.

Uma das causas da preguiça é a falta de motivação, que é causada pela falta de propósito na vida.

Estabeleça uma meta, fique motivado, adube a sua mente.

Fonte Revista SUCESSO

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Polishop faz mega convenção num país em séria crise de transporte

A Polishop surpreendeu mais uma vez na realização de sua Convenção Transformando Vidas, ao produzir um evento primoroso, sofisticado, gigante, com mega estrutura e organização, no auge da crise que o Brasil atravessa.

Com 15 carretas retidas na greve dos caminhoneiros, carregadas de produtos, equipamentos e material de palco, som, luz e vídeo, a empresa criativamente encontrou soluções em três dias, trabalhando 24h por dia, para realizar o evento com o mesmo padrão de excelência de sempre.

Dois Helicópteros carregaram cabos do sistema de som e vídeo. Vários ônibus, lotados de equipamentos para a estrutura do evento, disfarçados de ônibus de passageiros, levaram de São Paulo para o Rio de Janeiro, materiais indispensáveis.

A mega loja que montaram, é a maior loja já montada numa Convenção.

Na impossibilidade de entregar os produtos para os empreendedores levarem na hora, a entrega será feita comodamente para todos que comprarem nos caixas do evento, ou no APP Polishop Express, para aproveitar as dezenas de promoções lançadas.

Para quem chega na Convenção, não dá para perceber que existe uma séria crise de transporte no país. O evento está impecável com cenários bastante interessantes. A entrada para o pavilhão principal, possui um túnel imenso, com a história dos eventos Diamante Experience.

Hoje, sábado, será realizado a final do Concurso Miss Brasil Be Emotion, que pertence a Polishop. Mais de 1.000 municípios de 27 estados participaram do concurso que elegeu as mulheres mais bonitas do Brasil. Uma delas será eleita para concorrer no fim do ano, ao título de Miss Universo.

O evento será transmitido ao vivo pela Band, para todo país, contando com a presença do maior público de um concurso de Miss da história, no mundo.

Emocionante também, as histórias que empreendedores estão contando para conseguirem chegar ao evento. Sem gasolina, álcool, ônibus, aviões e com estradas paradas, os empreendedores estão fazendo o impossível para chegar a Convenção.

E que cheguem, porque o espetáculo começou quinta feira com reunião do Presidente da empresa, João Apolinnário com os Diamantes, seguido de Jantar de confraternização. A Convenção segue até Domingo, com lançamento de produtos, treinamentos, reconhecimentos, premiações e grandes promoções.

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Gilberto Guitti um dos maiores executivos do Marketing Multinivel – Revista Sucesso

A Sucesso teve o prazer de entrevistar Gilberto Guitti. Um dos melhores e mais capacitados executivos da indústria de Marketing Muliínivel do país.

Para todos empresários do setor, Gilberto “é o cara”, pelo expertise, postura, liderança, visão e pelos resultados já obtidos.

Mestre de grandes executivos que atuam em várias empresas e formador de líderes, Gilberto criou o modelo de negócio da Polishop para o canal de marketing multinível (MMN), chamado Polishop.com.vc

Com uma carreira recheada de sucesso nas empresas por onde passou, como Nature´s Sunshine e Tahitian Noni, Gilberto está a todo vapor, contribuindo diretamente na construção de uma grande empresa de MMN que está transformando milhares de vidas.

Vale muito a pena você ler essa entrevista.

Você foi responsável pela entrada da Polishop no MMN. Como isto aconteceu?

Sim, em 2010 fui contratado para desenvolver o projeto de um novo canal na Polishop.

Após conhecer toda a enorme estrutura da empresa e o DNA inovador,  não tive dúvidas em decidir pelo canal de multinivel.

Na história da indústria mundial de multinivel jamais uma empresa com uma marca conhecida e reconhecida no mercado, com mais de 1000 produtos inovadores, com call center próprio, com canais próprios de TV e com lojas nos principais shoppings, tinha entrado no mercado de multinivel.

Logo, havia uma grande oportunidade de fazermos algo diferente e inovador, por isso criamos o canal Polishop.com.vc

O que você imaginava no começo de tudo está se realizando?

Eu imaginava que os desafios seriam enormes pela grandes diferenças da Polishop em relação as empresas de multinivel, porém cada dia mais e mais empreendedores têm descoberto esta oportunidade e os resultados tem superado constantemente nossas expectativas.

A Polishop é uma marca de alto renome e isto deve ajudar muito nos patrocínios não?!

Você sabe que as pessoas decidem comprar produtos e serviços em primeiro lugar, pela marca, ou seja, a marca está atrelada a produtos/serviços confiáveis e de qualidade. Por esta razão empresas investem milhões em suas marcas. Uma vez que a Polishop é considerada uma marca de alto renome certamente todos querem se associar ou estar próximos a empresa, uma vez que agrega muito valor.

Como ela é uma empresa multicanal, quais os desafios que você enfrenta liderando o canal polishop.com.vc que é o canal de MMN?

Na Polishop os canais não competem entre si,muito pelo contrário, os canais são complementares. Um infomercial na TV ajuda a vender pela internet ou call center. Um consumidor que adquire um produto na loja passa a ser um potencial empreendedor de MMN e assim por diante.

A empresa mudou o plano algumas vezes. O que aconteceu?

Desde quando eu elaborei o plano de bonificação Opportunity, eu sempre tive em mente que um plano ideal  é aquele que seja orgânico e precisa evoluir constantemente. Portanto, eu nunca mudei o plano. Eu sempre evolui para novas ideias e novas formas de distribuir de maneira mais justa e equilibrada os bônus.

Pretende melhorar o plano atual de alguma forma?

Certamente, como afirmei o plano é vivo e dinâmico, logo constantemente avalio a distribuição dos bônus de maneira que a regra máxima seja sempre respeitada, ou seja, atividade é igual a renda!

Tenho o compromisso com os empreendedores de atender as expectativa de todos por meio do plano de bonificação Opportunity  ou seja, permitir que pessoas comuns conquistem resultados extraordinários, em outras palavras, que o plano permita conquistar independência financeira com qualidade de vida!

Quantos empreendedores a empresa tem cadastrado? Quais  suas metas para 2018?

O mais importante não é divulgarmos quantos empreendedores temos cadastrados. O mais importante são os milhares de empreendedores que diariamente desenvolvem a atividade da Polishop. Temos crescido constantemente o número de empreendedores ativos e em 2018 devemos dobrar nossos números

Por que a empresa não divulga o faturamento do canal?

Não achamos que esta informação é relevante para os empreendedores. Neste mercado todos deduzem o faturamento das empresas mas quando fazemos multinivel de maneira profissional as pessoas sabem que o mais importante não é quanto a empresa vende e sim quantos empreendedores de sua equipe estão em cada evento.

Quais os números mais marcantes do canal em vendas ou de realização que julga expressivos? Acho que a venda de energéticos foi muito alta não?

Quando começamos com o canal tínhamos apenas a linha de produtos Polishop duráveis, porém não demorou muito para eu sugerir o lançamento de bebidas energéticas. Desenvolvemos uma fórmula exclusiva e inovadora a nível mundial e tem sido um sucesso enorme. Se considerarmos que temos mais de 1000 produtos inovadores e somente em energéticos vendemos mais de 20 milhões em 6 anos, certamente é uma marca expressiva.

A linha cosmética Be Emotion vai ganhar loja física. Isso não vai atrapalhar o canal?

Muito pelo contrário.  Uma vez que colocamos os produtos da linha Be Emotion em nossas lojas, mais e mais consumidores serão atraídos e, conhecerão produtos inovadores e de qualidade incomparável e, certamente se apaixonarão por eles.

Como afirmei acima, pessoas decidem suas compras pelas marcas. Logo, temos investido fortemente na marca Be Emotion, principalmente através  do Miss Brasil que  passou a se chamar de Miss Brasil Be Emotion  e elege a representante brasileira no Miss Universo

Como está vendo o MMN no Brasil?

O Brasil é uma grande oportunidade de multinivel para qualquer empresa justamente porque o brasileiro tem se tornado cada vez mais empreendedor, porém precisa de uma regulamentação governamental para tabular as regras e práticas de mercado

E esse troca troca de empresa que existe no mercado?

Sempre existirá empresas comprometidas e profissionais e empresas oportunistas. Justamente por esta razão é importante que qualquer pessoa que se sinta atraído por este mercado analise bem cada proposta e as pessoas que estão por trás destas empresas.

Se você pudesse mudar alguma coisa no MMN ou no mercado o que faria?

Eu não mudaria, eu apenas regulamentaria o mercado para evitar com que modelos piramidais continuem explorando a ingenuidade de pessoas do bem.

Todo mundo achava quando a Polishop ia engolir as outras empresas mas isto não aconteceu. O que acha disso?

Nós nunca tivemos esta visão ou propósito. Sabemos da nossa força e temos sonhos gigantes, mas o mercado é grande  tem lugar a todos. Além do mais, existe um ingrediente importante em MMN que é identificação, ou seja. as pessoas tem a liberdade de escolha por aquele empresa que mais se identificam para trabalhar.

E porque a empresa não entrou em mercados internacionais como América Latina tendo uma estrutura maior que empresas nacionais que estão se proliferando pelo mundo?

Tudo tem seu tempo. Por enquanto estamos focado no mercado brasileiro. O Brasil é gigante e vamos fortalecer cada vez nossas bases para depois pensar em expansão internacional como canal polishop.com.vc

Que pergunta você faria a você mesmo e que resposta daria?

Por que eu estou no MMN por quase 30 anos?

Porque eu amo a possibilidade de ajudar a transformar a vida das pessoas por meio desta oportunidade de negócios que verdadeiramente permite que as pessoas sejam donas de seu tempo e dinheiro, ou seja, quando tempo e dinheiro estão sobre seu controle.

Por que o MMN me dá a possibilidade de conhecer as ricas histórias de milhares de pessoas ao redor do mundo e me inspirar com cada uma delas

Por que por meio do MMN eu posso exercitar a humildade de agradecer a todas as pessoas que me permitem  “misturar nossas vidas”

Que mensagem deseja mandar para seus empreendedores para sua concorrência e para quem ainda não está na Polishop?

Aos empreendedores eu sempre digo:não permita que ninguém roube os seus sonhos. Trabalhem sempre com foco e determinação

Aos concorrentes, que sejamos parceiros e nunca adversários e que possamos, juntos, defender os interesses comuns e construir um país melhor por meio do MMN

Para aqueles que ainda não estão na Polishop eu sugiro que busque por um empreendedor e descubra um mundo de inovações através da oportunidade polishop.com.vc

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Robô da IBM substitui 34 funcionários de empresa no Japão

Funcionário digital vai executar tarefas repetitivas e poupar dinheiro para seguradora

São Paulo – O IBM Watson, que a empresa define como uma plataforma de computação cognitiva, substituiu 34 funcionários de um escritório de seguros no Japão, de acordo com o jornal local The Mainichi.

Esse robô funciona como um software de análise de dados com inteligência artificial, que ajuda gestores a tomarem decisões, entre outras centenas de funções. Essencialmente, ele “pensa” como um ser humano e consegue interpretar textos, áudios, imagens e vídeos, mesmo que eles não estejam estruturados.

O Watson vai começar a atuar neste mês na Fukoku Mutual Life Insurance Company lendo documentos médicos e determinando pagamentos com base em ferimentos, históricos e procedimentos médicos.

O investimento inicial da operação é de 1,7 milhão de dólares, com manutenção anual de 128 mil dólares. A empresa espera poupar 1,1 milhão de dólares por ano com o uso do IBM Watson. A Fukoku Mutual Life Insurance Company também utiliza a inteligência artificial para analisar ligações para seu call center, identificando a linguagem dos clientes entre positiva e negativa.

O Watson ficou conhecido em 2011, ao vencer humanos em um programa de perguntas e respostas na TV, o Jeopardy. Essa tecnologia da IBM aprende conforme analisa informações e ajuda empresas a reduzir custos e melhorar o atendimento aos clientes.

Um exemplo de atuação no Brasil é no banco Bradesco. O Watson aprendeu o nosso idioma e a companhia ensinou o sistema a responder mais de 50 mil perguntas dos funcionários sobre suas rotinas de trabalho.

O Fórum Econômico Mundial prevê que a inteligência artificial pode eliminar mais de 7 milhões de empregos nas 15 maiores economias nos próximos anos. Enquanto essas plataformas realizam trabalhos repetitivos, humanos podem ter mais tempo livre para executar tarefas que exigem mais “humanidade”.

Diversos aplicativos para smartphones também utilizam o Watson, como o Nutrino, o Record e o MeCasei 

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

O que é empreendedorismo?

Os empreendedores são admirados e às vezes invejados. São responsáveis pelo lançamento de produtos e serviços revolucionários, pela criação de empresas seculares e pela geração de empregos. Mas o que é empreendedorismo? O que é ser empreendedor?  Podemos dizer que o empreendedorismo é o motor da economia e ao longo da história foi responsável por grandes mudanças. E o que o empreendedor tem de diferente das outras pessoas? Ele nasce pronto, sendo algo somente para predestinados ou qualquer um pode ser empreendedor? Como ele afeta a economia?

Muitas pessoas têm medo de empreender. Será que realmente é difícil ser empreendedor? Quais são os fatores que influenciam o empreendedorismo?

Imagine que você está participando de um evento – uma festa, um jantar ou um congresso – com a oportunidade de conhecer e conversar com pessoas diversas. E durante aquela conversa básica, que geralmente inclui a pergunta “o que você faz?”, o seu interlocutor responde: “Eu sou empreendedor.”

Qual a primeira imagem que vêm na sua cabeça? Seria a de um empresário bem-sucedido, que começou o seu negócio do zero e hoje é dono de uma fortuna? Ou daqueles vendedores de pipoca que ficam na porta de escolas? Seria um funcionário dedicado de uma empresa ou de um gerente desta mesma empresa? Será que você imaginaria que ele é um funcionário público ou o voluntário de uma ONG?

A maioria das pessoas associa a imagem do empreendedor com a do empresário, como sendo uma pessoa que cria novos negócios, mas a grande verdade é que qualquer uma das pessoas descritas no parágrafo anterior, desde o vendedor de pipoca, passando pelo funcionário de uma empresa e o servidor público, podem sim ser empreendedores. Sendo assim, vamos conhecer os pontos principais que definem um empreendedor. 

O papel do empreendedor

Numa visão mais ampla, o empreendedor é a pessoa que identifica oportunidades, as explora e as desenvolve, seja na criação de um negócio, na construção de uma carreira como empregado ou até mesmo em outras áreas ou outros aspectos da vida.

O empreendedor tem um papel crucial no desenvolvimento da economia e da sociedade como um todo. Aqueles que abrem seu próprio negócio geram empregos e melhoram a distribuição de renda, já os empreendedores que são funcionários, são responsáveis por auxiliar as empresas ou o governo a atingirem seus objetivos. Os empreendedores fazem a história e mudam o mundo em redor deles com as suas ações, criam modelos de negócios novos e inovadores, como, por exemplo, o Google.

Ao longo da história, os empreendedores sempre existiram e foram destaques na sociedade, acumulando grandes fortunas e atraindo a atenção das pessoas. Porém, recentemente, cada vez mais pessoas estão buscando a opção pelo empreendedorismo.

Mesmo com a crise econômica iniciada em 2014, empreender é o desejo de muitos brasileiros. Em uma pesquisa recente sobre empreendedorismo no Brasil, 36% dos entrevistados são donos de seu próprio negócio ou realizaram alguma ação em vistas de ter seu próprio negócio no último ano. Ter um negócio está em quarto lugar entre os sonhos dos brasileiros, atrás de viajar pelo Brasil, ter uma casa própria ou um carro.

Um conjunto de programas e ações estruturais tem colaborado para a difusão do espírito do empreendedorismo no Brasil. Esse processo tem início em 1994 com a estabilização econômica com o Plano Real, passando pelo lançamento do Programa Brasil Empreendedor em 1999, pela Lei Geral da Micro e Pequena Empresa de 2006 e a criação do Micro Empreendedor Individual (MEI) em 2008.

Destaca-se também a participação do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) na promoção da educação empreendedora e na capacitação e orientação para os pequenos e microempresários por todo país.

Mesmo com todo este suporte, a vida do empreendedor no Brasil não é fácil. Os principais fatores limitantes estão relacionados com a burocracia, a carga tributária e a infraestrutura. A mortalidade das empresas nos dois primeiros anos de vida é elevada, mas tem melhorado nos últimos anos. Esses aspectos resultam na observação que o medo de fracassar é o mais impactante para decidir empreender.

Podemos considerar que o ato de empreender é tão antigo quanto a civilização, por ser um fruto do trabalho humano, seja na busca de oportunidades de crescimento ou como uma alternativa de sobrevivência.  Contudo, a definição de empreendedorismo, e o seu entendimento, evoluiu e continua evoluindo ao longo do tempo. O primeiro registro de uso do termo “empreendedor” é atribuído ao economista de origem franco-irlandesa Richard Cantillon, em 1755, que definiu como sendo um indivíduo que assume riscos. Esta definição diferenciava o empreendedor do capitalista, aquele que fornecia o capital.

A concepção dinâmica do papel do empreendedor é de um agente que cria, reconhece e age nas oportunidades. Isso inclui o uso da inovação para fazer coisas novas, operar com flexibilidade e se adaptar a um contexto mais amplo, trabalhar em condições de risco e incerteza, realizar mudanças e ganhar a recompensa a partir dos lucros. Se o empreendedorismo é visto como um processo, ele consiste de uma pessoa, da busca por oportunidades de mercado, comportamento inovador e da junção dos recursos necessários para explorar essas oportunidades.

E você, gostaria de ser um Empreendedor? Saiba mais como empreender, sem risco, com baixo investimento e retorno garantido, conheça nossa empresa que está a mais de 18 anos no mercado.

 

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Arrocho salarial, como sobreviver ?

 

O reajuste de 1,81% no valor do salário mínimo para o ano de 2018, de R$ 937 para R$ 954, é o menor desde o Plano Real, anunciado em 1994 e que controlou a hiperinflação na economia brasileira, aponta série histórica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).Isso significa que o reajuste que será aplicado no salário mínimo no ano que vem o menor em 24 anos.

17 reais por mês significam menos de 56 centavos por dia. Por hora trabalhada, o que passa a ser importante desde que se liberou a contratação de trabalhadores “intermitentes”, o reajuste é de 8 centavos.

É a lei, dirão os adeptos do “mercado”.

Verdade, o que não implica deixar de entender que, na prática, isso significa zero.

Ou mais que isso: o  governo vai economizar R$ 3,3 bilhões no ano que vem com a redução de seis reais (nos R$965 previstos no Orçamento Federal) com o zero para os aposentados, dinheiro que vai num instante nas benesses para sacrificar…os aposentados.

Depois, sabe-se que a variação de 1,81% do INPC, usada para sacramentar esta perversidade, está pendurada no mais volátil preço: o dos alimentos, que “segurou” durante 2017 o índice de inflação e que, com seca ou chuva, muda em um instante. E o salário, não.

Arrocho salarial é a consequência de uma política salarial cujos reajustes não acompanham a inflação. Pode ocorrer como política de governo ou decorrente da livre negociação entre empresas e trabalhadores. Pode atingir tanto o salário mínimo de um país como os salários acima dele.

Geralmente os governos podem adotar o arrocho salarial para poder atrair as empresas, por causa da mão-de-obra barata.

Exemplos de governos que possuem ou possuíram arrocho salarial em seu programa são o dos Estados Unidos durante a década de 1920, o governo da ditadura militar brasileira, e no governo José Sarney. A partir do governo FHC, políticas de valorização progressiva do salário mínimo no Brasil foram adotadas por Leis.

Em resumo da “ópera” teremos um período tenebroso para a classe trabalhadora nas próximas décadas em função das transformações mundiais que estão ocorrendo, e consequentemente afetando a geração de emprego. Muitos cargos ou vagas deixarão de existir ou já estão extintas devido a mecanização da mão de obra. O avanço da tecnologia, as políticas trabalhistas estão arrochando os salários cada vez mais. O mundo do futuro vai ser se diferenciar, o empreendedorismo será nova porta de acesso as pessoas para o mercado de trabalho. 

Você já pensou um dia ser dono do seu próprio negócio? Conheça nossa empresa e inicie seu negócio com baixo custo, sem risco e somos a empresa número 1 neste seguimento e estamos em um dos segmentos mais aquecidos do mundo. É totalmente possível viajar, ter qualidade de vida, ganhar ótimos rendimentos e ajudar muitas pessoas.

Para saber mais entre em contato para agendar uma entrevista com um de nossos consultores. Clique AQUI.

 

Leia também…

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO