• +(011)992413934
  • contato@missaoempreendedora.net.br

crenças

MARKETING MULTINÍVEL É UM BOM NEGÓCIO ?

Quase 13 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sem expectativas de conseguir carteira assinada, muitos trabalhadores apostam em nichos de mercado como alternativa de renda.

Um deles é o marketing multinível, modelo de venda direta que trabalha com a criação de uma rede. No ano passado, ele registrou R$ 40,4 bilhões em negócios, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Esse tipo de venda consiste em oferecer produtos ou serviços diretamente ao consumidor, presencialmente ou pela internet. Entre suas vantagens, está o menor número de intermediários entre quem produz e quem consome, com base nos relacionamentos pessoais.

“Funciona como uma rede. Família, amigos e conhecidos tornam-se clientes, tanto para comprar quanto para convidar outras pessoas. Nesse caso, a rede ganha uma comissão em cada venda feita pelos ‘distribuidores independentes’ que consegue recrutar”, explica a analista do Sebrae Minas Andreza Capelo.

Outro ponto positivo desse tipo de negócio é o investimento mínimo na compra de produtos, o que facilita o início das operações. O “distribuidor independente” não precisa investir em infraestrutura, não assume o pagamento de salários dos empregados que participam das tarefas administrativas da empresa e nem arrisca seu capital montando um grande negócio.

Não confunda
Antes de aceitar o convite de uma empresa, pesquise se o negócio é marketing multinível ou um modelo de pirâmide (que é ilegal no Brasil).

Algumas diferenças importantes
O foco da pirâmide é o recrutamento de novos participantes. O marketing multinível visa vender produtos.

Na pirâmide, há casos em que os produtos ou serviços sequer existem ou têm valor muito acima dos similares presentes no mercado.

Em suas reuniões, o treinamento não é voltado para a venda, e sim para o recrutamento.
Além do resultado das vendas, o faturamento individual se baseia no número de pessoas recrutadas para a rede.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Conheça nossa Empresa, uma Gigante do Varejo brasileiro que atua no Modelo Multinível.

MANUELDOLIVEIRAFILHO

O QUE MOVE VOCÊ A FAZER O QUE FAZ?

Porque acordamos de manhâ todos os dias para ir trabalhar? Será que temos uma vida digna? Você já parou um instante para pensar porque as pessoas de sucesso financeiro nâo usam ônibus, trem ou Metrô para se locomover: Enfrentar um ônibus ou Metrô lotado todos os dias principalmente nas segundas-feiras nâo seria desgastante, desconfortável ou cansativo? Eu pergunto para você se gostaria de mudar a sua realidade atual?

Fazendo o que faz hoje, poderia ter o conforto de trabalhar em casa, usar seu carro com conforto para trabalhar, ou quem sabe realizar seus sonhos? O que a maioria das pessoas fazem geralmente, elas diminuem seus sonhos para caber no seu orçamento.  Quando o correto é aumentar seu orçamento para caber seus sonhos. Já pensou nisso?

Se nunca refletiu sobre isso acho que está na hora de começar, pois os tempos mudaram, emprego, salário e aposentadoria já nâo garante seu futuro financeiro.

Sou Empreendedor e Consultor de uma grande Empresa Brasileira no ramo do Varejo e temos uma oportunidade de você conquistar seu objetivos e ter vida melhor.

Somos mais de 50.000 empreendedores em todo Brasil e você pode se tornar um empreendedor de sucesso e fazer sua careira conosco.

Para mais informações deixe seu telefone com DDD e E-mail AQUI  que entraremos em contato o mais breve possível.

Aguardamos seu contato !

Manuel D Oliveira Filho – Consultor Empresárial

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Pra você a CRISE é um problema ou uma solução?

Para a maioria das pessoas, 95% dos brasileiros, a palavra crise é sinônimo de alerta, problema ou um verdadeiro bicho papão, segundo o catador de latinhas mais bem sucedido do Brasil, Geraldo Rufino, o empresário do setor de reciclagem de peças de caminhões da primeira e maior empresa do mercado.

Em pleno começo do ano, às vésperas do Carnaval, período no qual o país pára, Geraldo esteve presente na 6ª Feira do Empreendedor Sebrae para proferir uma palestra sobre como saiu de uma dívida de 16 milhões de reais para um faturamento de mais de 50 milhões de reais, quebrando 6 vezes como empresário.

“Percebo que existe um grande problema que precisamos enfrentar : aquele que mora dentro da nossa cabeça. Quando a situação socioeconômica do país não é a ideal, as pessoas começam a reclamar demais _ principalmente se não enxergam oportunidades o suficiente para sejam bem-sucedidas. Isso se torna uma forma especial de cegueira: a tal da falta de oportunidades torna cegos e os faz dormir no ponto.” – G. Rufino

Com todo seu bom humor e felicidade típicos, fala que sempre estivemos em crise em vários períodos políticos e econômicos em nosso país, e incentiva que não podemos nos deixar levar pela onda de pessimismo e reclamação , pois elas atrasam nossos sonhos e devemos seguir o exemplo de muitos brasileiros que mesmo na crise estão encontrando soluções para driblar a zona de conforto e se mexer pulando a onda pra não morrer afogado nela.

Me chamo Manuel

Sou empreendedor independente

Descobri assim como 5% dos brasileiros a enfrentar com sabedoria a crise.

Minha missão é ajudar pessoas como eu e como você a encontrar oportunidades para se preparar para revezes e espantar toda a onda de negatividade que estamos vivendo no país.

Se você se interessou : Clique aqui

Wapp 11 992413934

16864351_1319831574747950_2798917472165767248_n

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

A VIDA É COMO UM ESPELHO

Pai e filho caminhavam em silêncio por uma trilha na montanha.

De repente, o menino caiu, machucou-se e gritou:

-Ai!

Para sua surpresa, ouviu sua voz se repetir em algum lugar na cordilheira:

 -Aiaiaaaiaiiiii…

Curioso, perguntou:

-Quem é você?

Recebeu como resposta:

-Quem é vocÊÊEÊ!

Contrariado, gritou:

-Seu covarde!

E escutou:

-Seu covaaaarde!

Gritou mais uma vez:

-Seu perdedor!

Escutou:

-Seu perdedoooor!

Em seguida, olhou para o pai e perguntou, aflito:

-O que é isso?

O homem sorriu e disse:

-Meu filho, sente-se ali e preste atenção.

Então, o pai gritou em direção a montanha:

-Eu amo você!

-Eu admiro a sua garra!

A voz respondeu:

-Eu amo vocÊÊEÊ!

-Eu admiro a sua gaaaaarra!

De novo, o homem gritou:

-Você é um campeão!

A voz repetiu:

-Você é um campeãããããoo!

O menino ficou espantado e perguntou:

-Pai, o que é isso?

E homem explicou:

As pessoas chamam de eco, mas na verdade, isso é a vida.

Ela devolve o que você lhe dá.

Para mudar as palavras que ecoam ao vento, é preciso mudar as palavras que saem do seu coração.

Da mesma forma, a vida é também como um espelho. Não adianta quebrá-lo quando ele mostra um rosto de que você não gosta.

Mude seu rosto , suas atitudes e suas ações, para que sua vida seja do jeito que você gostaria.

Nossa vida é simplesmente o REFLEXO, ou o ECO, das nossas ações.

Fonte: Conto do Himalaia – R. Shinyashiki (Eu vou te ensinar a ser rico)

 

Gostou do Conto?
Meu nome é Manuel

Meu trabaho é desenvolver pessoas, criar competências de equipes, no plano profissional e pessoal.

Se tiver interesse entre em contato: Wapp 11 992413934

 

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

POR QUE CAMINHAR , SE VOCÊ PODE VOAR?

“Era uma vez…

Um rei inglês que recebeu de presente dois falcões de Harris. 

O rei estava encantado com seus presentes. Toda manhã, olhava pela janela do palácio e via um dos dois falcões voando alto pelo céu.

Depois de um tempo, notou que, na verdade, sempre via apenas um dos dois falcões.

E convocou o treinador do palácio: ‘Por que vejo somente um falcão no céu?’

O treinador olhou e disse: ” Senhor tenho más notícias. Como o senhor viu , um dos falcões é magnífico. Voa até o céu e plana majestosamente sobre a terra. Porém seu irmão se recusa a deixar o galho. Toda vez que tentamos tirá-lo do galho,  ele se torna agressivo e fica com muito medo. Consultamos os veterinários, e não há nada de errado com ele. Chamamos xamãs e magos. Buscamos as mentes mais brilhantes do palácio para que viessem ajudar com o falcão. Mas não importa o que façamos, ele se recusa a deixar o galho.”

O rei ponderou o dilema por um momento.

Disse: “Quer saber, creio que precisamos de uma solução simples. Acho que poderíamos perguntar a um fazendeiro.”

Uns dias depois, o rei se aproximou de sua janela e para seu assombro havia dois falcões no céu.

Eles eram magníficos. Estavam subindo em direção ao sol, planando e mergulhando em direção ao solo.

O rei estava encantado.

De novo, convocou o treinador do palácio.

Disse: “Estou feliz, finalmente os dois irmãos estão voando juntos.”

Perguntou: “O que você fez? Como conseguiu tirá-lo do galho?”

“Fizemos o que nos disse, chamamos um fazendeiro. “

“E o que fez o fazendeiro?”

“Bem na verdade , estávamos tão emocionados com o resultado, que esquecemos de perguntá-lo.”

“Por favor, tragam o fazendeiro.”

O fazendeiro era um homem muito humilde e simples.

Quando entrou no palácio, estava extraordinariamente tímido. Olhando para o chão.

O rei olhou e disse: “O que você fez? Como conseguiu fazer o falcão voar? Que magia você utilizou?”

“Pois na verdade senhor, não houve magia. Fiz algo muito simples. Cortei o galho. E quando o falcão se deu conta de que tinha asas, simplesmente começou a voar.”

————————————————————————————————————————————–

O que te impede então, de soltar suas limitações? E realizar seu potencial completo?

Eu sei o que é.
O mesmo que já me limitou: o “galho” chamado de MEDO.

Meu nome é Manuel , eu sou como o fazendeiro da estória.

Vou ensinar a você um sistema muito simples, mas extraordinariamente poderoso, que te permitirá soltar as suas limitações e VOAR BEM ALTO, como os falcões.

Esse sistema é simples mas exige somente que você tenha SONHOS e um DESEJO ARDENTE de conquistá-los.

Se você tem o perfil empreendedor, entre em contato.

Wapp 11 992413934

Fonte: “why walk when you can fly”

 

 

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Previdência Social

PREVIDÊNCIA SOCIAL

ATÉ QUANDO ???

 

Vemos nos últimos anos ocorrendo um grave problema envolvendo o INSS. Atualmente as coisas ficaram muito preocupantes, pois devido a crise econômica oriunda da crise política a oferta de empregos caiu drasticamente no Brasil. Vivemos na incerteza de um dia se aposentar com um benefício digno. As incertezas políticas causam graves consequências para o país. A geração de empregos normalmente advém de investimentos estrangeiros ou serviços. A cada ano novas regras estão sendo implantadas para amenizar a gravidade do problema. As pessoas estão vivendo cada vez mais, e isso é bom, mas pelo outro lado agrava-se no pagamento do benefício, pois onde tirar dinheiro para pagar tantos aposentados se a arrecadação caiu significativamente. Agora eu pergunto, você conseguiria viver da renda do INSS? A maioria das pessoas quando se aposentam continuam trabalhando pois sabem que se dependeram do INSS não conseguirão manter seu padrão de vida que conquistou a vida inteira de trabalho.

Gostaria que você refletisse e como está ou como estará sua vida nos próximos 10, 20 ou 30 anos? E quando se aposentar, conseguirá manter seu padrão de vida atual? O grande problema das pessoas é que elas procrastinam, ou seja, elas vivem do prazer imediato sem se importar com futuro financeiro delas próprias. Quando a idade chega o que sobra além da velhice? Se tiver sorte de viver e depender de cuidadores de idosos deverá morar num asilo e compartilhar da dor e do sofrimento de outros idosos por serem “rejeitados” pelos próprios familiares devido a falta de condições de cuidar de você. Mas se tiver condições econômicas adequadas certamente terá um tratamento melhor e até poder permanecer junto dos seus entes queridos. Dinheiro nos traz conforto nos momentos em que mais precisamos, por isso pensar no futuro garante seu conforto e terá uma velhice mais feliz do que a maioria que não pensa e vive somente do presente e esquece do próprio futuro.

Já que você leu essa matéria e está se perguntado, o que fazer então?

Tenho uma proposta para mudar o rumo do seu destino. Uma oportunidade de negócio que lhe trará segurança financeira com qualidade de vida para você e sua família. Acesse agora AQUI que entrarei em contato e teremos uma conversa inicial e posteriormente  apresentarei a proposta que pode mudar o rumo da sua vida.

Manuel D Oliveira Filho – Consultor de Negócios.

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Melhor Loja de artigos para o lar, eletrodomésticos e eletrônicos 2016

Pelo 2º ano consecutivo POLISHOP vence o 18º Prêmio Lojista do Ano ALSHOP 2016 como a melhor loja de varejo no segmento de artigos para o lar, eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

Criado em 1998, o Prêmio Lojista Alshop reconhece anualmente os principais players do varejo de shopping brasileiro e já é tradição no calendário varejista nacional.

Em sua ultima edição, o Prêmio contou com mais de 4,9 milhões de votos de consumidores de todo o país, que elegeram, em cada categoria, a marca que mais faz parte do seu dia-a-dia.

São 31 categorias participantes, representando os principais segmentos atuantes no varejo de shopping.

Os vencedores são definidos pelo voto do consumidor, realizado on-line, através do hotsite do evento.

Venha você também representar em sua cidade e estado a maior empresa multicanal do mundo.

Informações:
http://missaoempreendedora.net.br/contato/

http://www.sistemawinner.com.br/manueldoliveirafilho

Wapp 11 992413934

Manuel

MANUELDOLIVEIRAFILHO

A ARMADILHA DA CARTEIRA ASSINADA & CORRIDA DOS RATOS

Muitos pensam que o modelo de trabalho padrão é estudar ter um bom emprego e trabalhar para os outros. Tudo começou na Revolução Industrial, quando as industrias precisavam de pessoas para trabalhar por troca de um salário ou ordenado. Anteriormente a Revolução Industrial as pessoas tinham seu próprio negócio, mas trabalhavam nas terra dos Reis e precisavam pagar para ter uso da mesma, ai surge a concepção do imposto que tanto conhecemos hoje em dia.
O empreendedorismo é mais antigo do que se imagina, seria a base da existência humana, e o dinheiro é moeda de troca das mercadorias. Pensar diferente da maioria é uma característica especial de quem quer ter seu próprio negócio. No livro “Pai Rico e Pai Pobre” de Robert Kiyosaki mostra como o sistema de trabalho faz as pessoas andarem, andarem e não chegarem a lugar nenhum. Trabalham para pagar as contas e precisam trabalhar mais e ficam nesse ciclo vicioso. Por isso o termo “Corrida dos Ratos”.
A carteira assinada é para toda a vida, sendo assim você ficará refém de um terceiro para receber seu salário, uma promoção ou aposentar. Troca-se tempo por dinheiro para o resto da vida. Por que as pessoas são escravas desse modelo arcaico e ultrapassado de trabalho. Existem fatores diversos, um deles é cultural. As pessoas são criadas para serem empregadas. São informações e modelos passado de nossos familiares, amigos e influencias diversas. A escola prepara as crianças para serem empregadas e as Universidades consolidam com uma profissão para forçar o jovem procurar um emprego. Uma conjuntura de situações forma o modelo mental das pessoas que ficam engessadas nesse paradigma. Muitos conseguem se libertar desse modelo, já a maioria não conseguem e permanecem presos e submissos ao emprego. Nada contra de ter um emprego, mas talvez se você tiver um perfil de uma pessoa que quer se desenvolver e ganhar seu dinheiro por meritocracia, e não depender de terceiros para ganhar o dinheiro na quantidade que você merece.
Ou seja, ser Rico é ser livre, dono do seu tempo. Enquanto a maioria das pessoas pobres trabalham de segunda a sexta oito horas por dia, os Ricos viajam passeiam e se divertem quando quiserem. Claro que tudo isso tem o seu preço. Os Ricos diante das dificuldades eles enfrentam o medo, enquanto os pobres se acovardam diante das dificuldades e se paralisam diante do medo. Essa é a diferença entre Ricos e Pobres, a diferença de Mentalidade.
Se você gostaria de iniciar uma nova vida, mais produtiva e feliz, então inicie seu negócio próprio. Eu posso ajudá-lo como iniciar seu negócio do zero.
Clique AQUI e saiba mais.
Manuel D Oliveira Filho.

 

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO
1