• +(011)992413934
  • contato@missaoempreendedora.net.br

Daily Archives:3 de Fevereiro de 2018

Robô da IBM substitui 34 funcionários de empresa no Japão

Funcionário digital vai executar tarefas repetitivas e poupar dinheiro para seguradora

São Paulo – O IBM Watson, que a empresa define como uma plataforma de computação cognitiva, substituiu 34 funcionários de um escritório de seguros no Japão, de acordo com o jornal local The Mainichi.

Esse robô funciona como um software de análise de dados com inteligência artificial, que ajuda gestores a tomarem decisões, entre outras centenas de funções. Essencialmente, ele “pensa” como um ser humano e consegue interpretar textos, áudios, imagens e vídeos, mesmo que eles não estejam estruturados.

O Watson vai começar a atuar neste mês na Fukoku Mutual Life Insurance Company lendo documentos médicos e determinando pagamentos com base em ferimentos, históricos e procedimentos médicos.

O investimento inicial da operação é de 1,7 milhão de dólares, com manutenção anual de 128 mil dólares. A empresa espera poupar 1,1 milhão de dólares por ano com o uso do IBM Watson. A Fukoku Mutual Life Insurance Company também utiliza a inteligência artificial para analisar ligações para seu call center, identificando a linguagem dos clientes entre positiva e negativa.

O Watson ficou conhecido em 2011, ao vencer humanos em um programa de perguntas e respostas na TV, o Jeopardy. Essa tecnologia da IBM aprende conforme analisa informações e ajuda empresas a reduzir custos e melhorar o atendimento aos clientes.

Um exemplo de atuação no Brasil é no banco Bradesco. O Watson aprendeu o nosso idioma e a companhia ensinou o sistema a responder mais de 50 mil perguntas dos funcionários sobre suas rotinas de trabalho.

O Fórum Econômico Mundial prevê que a inteligência artificial pode eliminar mais de 7 milhões de empregos nas 15 maiores economias nos próximos anos. Enquanto essas plataformas realizam trabalhos repetitivos, humanos podem ter mais tempo livre para executar tarefas que exigem mais “humanidade”.

Diversos aplicativos para smartphones também utilizam o Watson, como o Nutrino, o Record e o MeCasei 

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Brasil terá lei de MMN que concederá Selo a Empresas legítimas

O segmento de MMN está dando um importante passo, rumo a seu profissionalismo, isenção e fortalecimento.

Nos próximos dias, será votado em plenário, em Brasilia, Projeto de Lei criado pelo Deputado Rodrigo Delmasso, que irá separar o Joio do Trigo.

O Projeto de Lei Distrital, permitirá que empresas idôneas, com planos de ganhos sustentáveis,  estrutura financeira e legitimidade em seu propósito, recebam um Selo de Aferição de correção, que pirâmides nunca receberão.

Ficará mais fácil, saber se a empresa é legítima ou uma fraude. Ainda que a Lei tramite em Brasilia e em São Paulo e outros estados, será um passo largo rumo, a aprovação da Lei a nível Nacional.

Veja em primeira mão, o Projeto de Lei:  

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL
COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, MEIO AMBIENTE E TURISMO

PARECER N.° -1- /2017 – CDESCTMAT DA COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO
ECONOMICO SUSTENTAVEL, CIENCIA, TECNOLOGIA, MEIO AMBIENTE E TURISMO, sobre o PROJETO DE LEI N.° 1.739, de 2017, que institui o Selo Multinível Legal no âmbito do Distrito Federal.

Autor: Deputado DELMASSO
Relator: Deputado CRISTIANO ARAÚJO

1— RELATÓRIO
Submete-se a exame desta Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo, o Projeto de Lei n.° 1.739, de 2017, de autoria do nobre Deputado Delmasso, que visa instituir o Selo Multinível Legal com objetivo de premiar as empresas do setor privado, instaladas ou que operem no território do Distrito Federal, que comprovem a comercialização de serviços e/ou produtos por meio de venda direta com plano de remuneração de distribuidores independentes através da formação de rede multinível, conforme previsto no art. 1°.

O art. 2° do presente Projeto de Lei estabelece que o Selo de que trata esta Lei será concedido às empresas citadas no art. 1°, que atendam aos requisitos estabelecidos nesta Lei e na legislação e atos administrativos a ela correlatos.

O art. 3° dispõe que para ser premiado com o recebimento do Multinível Legal a pessoa jurídica deverá comprovar junto a Secretari Desenvolvimento Econômico o atendimento de diversos requisitos estabelecido os incisos de I a XI, vedando a participação de empresas que tenham por ativida Praça Municipal — Quadra 2 — Lote 5 — CEP 70094-902 — Brasília-DF — Tel. (61) 3348-8000

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL
COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, MEIO AMBIENTE E TURISMO

comercialização de produtos derivados do tabaco ou produtos e serviços cuja
comercialização seja restrita às instituições financeiras regulamentadas pelo Banco
Central do Brasil (BACEN) e ligadas ao Sistema Financeiro Nacional (SFN), ou cuja
exploração seja considerada ilegal ou possa configurar crimes de lavagem de dinheiro
ou evasão de divisas.

O art. 40 estabelece que a premiação de que trata esta Lei somente será concedida às empresas que comprovarem que não participam de nenhum sistema de pirâmide financeira. A comprovação ocorrerá com o cumprimento de todas as regras previstas no artigo 3°, além da comprovação de que o plano de remuneração previsto no § 20 do artigo 2° não prevê qualquer tipo de ganho, vantagem, premiação ou remuneração, seja de que natureza for, não advinda da comercialização de produtos e/ou serviços, bem como qualquer tipo de rentabilidade percentual diária, mensal ou anual que tenha como base de cálculo o valor da compra pessoal de qualquer produto ou serviço realizada pelo distribuidor independente, ainda que para posterior revenda via venda direta.

O art. 50 trata da regulamentação da presente lei, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias, pelo Poder Executivo, que deverá estabelecer, entre outros pontos, os critérios necessários ao recebimento do Selo Multinível Legal.

Por fim, o art. 6° dispõe que a empresa que atender aos requisitos desta Lei e da respectiva regulamentação terá o direito de fazer uso publicitário do Selo Multinível Legal, chancela oficial que poderá ser utilizada nas veiculações publicitárias que promover.

Seguem as cláusulas de vigência e revogação.

Na justificação o nobre Legislador afirma que este projeto de lei tem como objetivo instituir a concessão de selo às empresas do setor privado venda direta, com a previsão de remuneração aos seus distribuidores independentes através da formação de rede multinível e que não participem de pirâmides.

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL
COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, MEIO AMBIENTE E TURISMO

II— VOTO DO RELATOR

O art. 69-B, “g”, do Regimento Interno desta Casa, estabelece que compete a esta Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo analisar e, quando necessário, emitir parecer sobre o mérito das matérias relativas a produção, consumo e comércio, inclusive o ambulante.

Em vista dessa atribuição regimental e ao apreciar a matéria em tela, esta relatoria considera meritória e louvável a presente iniciativa do nobre parlamentar.

Cabem os seguintes comentários sobre o mérito do Projeto de Lei. Segundo dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego no Distrito Federal — PED/DF, realizada pela Secretaria de Estado de Trabalho, Companhia de Planejamento do Distrito Federal-CODEPLAN, Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos-DIEESE, em parceria com a Fundação SEADE mostram que a taxa de desemprego total atingia o percentual de 14″ em maio de 2015, já em maio de 2016 cresceu para 18,9% e em maio deste ano de 2017 subiu para 20,4% de desempregados no Distrito Federal.

É importante destacar que, grande parte da população tem visto como oportunidade de trabalho informal a realização de venda direta.

A venda direta é um sistema de comercialização de bens de consumo e serviços baseado no contato pessoal entre vendedores e compradores, fora de um estabelecimento comercial fixo.

A venda direta é atualmente responsável pelo aumento do quantitativo de vagas de emprego informais o que consequentemente aplaca a dificuldade em gerar empregos formais com carteira fichada. Assim, no mérito, somos favoráveis à aprovação da proposta
A proposição é, portanto, louvável e meritória, sob o ponto de vista social, devendo contribuir efetivamente para o crescimento das empresas de venda direta no mundo e no Brasil, despiciendo ressaltar a venda direta tem há tempos se mostrado uma viável alternativa de investimento.

Praça Municipal — Quadra 2 — Lote 5 — CEP 70094-902 — Brasília-DF — Tel. (61) 3348-8000

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL
COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, MEIO AMBIENTE E TURISMO
se mostrado uma excelente alternativa para aqueles que se encontram desempregados ou na informalidade. Assim, com a aprovação do Selo Multinível Legal será possível premiar as
empresas que comprovem a comercialização de serviços e/ou produtos por meio de venda direta com plano de remuneração de distribuidores independentes através da formação de rede multinível fortalecendo assim o setor produtivo.

Diante do exposto, somos favoráveis à APROVAÇÃO quanto ao mérito do Projeto de Lei n.o 1.739/2017, no âmbito desta Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo. É o Voto.

Sala das Comissões
Deputado BISPO RENATO ANDRADE

Deputado TIANO ARAÚJO Presidente Relator

Praça Municipal — Quadra 2— Lote 5 — CEP 70094-902 — Brasília-DF — Tel. (61) 3348-8000

Baixe Aqui o Projeto de Lei Original:

PARECER FAVORÁVEL- PROJETO DE LEI SELO MULTINIVEL LEGAL

Fonte: Revista Sucesso Network

Leia também…

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

O que é empreendedorismo?

Os empreendedores são admirados e às vezes invejados. São responsáveis pelo lançamento de produtos e serviços revolucionários, pela criação de empresas seculares e pela geração de empregos. Mas o que é empreendedorismo? O que é ser empreendedor?  Podemos dizer que o empreendedorismo é o motor da economia e ao longo da história foi responsável por grandes mudanças. E o que o empreendedor tem de diferente das outras pessoas? Ele nasce pronto, sendo algo somente para predestinados ou qualquer um pode ser empreendedor? Como ele afeta a economia?

Muitas pessoas têm medo de empreender. Será que realmente é difícil ser empreendedor? Quais são os fatores que influenciam o empreendedorismo?

Imagine que você está participando de um evento – uma festa, um jantar ou um congresso – com a oportunidade de conhecer e conversar com pessoas diversas. E durante aquela conversa básica, que geralmente inclui a pergunta “o que você faz?”, o seu interlocutor responde: “Eu sou empreendedor.”

Qual a primeira imagem que vêm na sua cabeça? Seria a de um empresário bem-sucedido, que começou o seu negócio do zero e hoje é dono de uma fortuna? Ou daqueles vendedores de pipoca que ficam na porta de escolas? Seria um funcionário dedicado de uma empresa ou de um gerente desta mesma empresa? Será que você imaginaria que ele é um funcionário público ou o voluntário de uma ONG?

A maioria das pessoas associa a imagem do empreendedor com a do empresário, como sendo uma pessoa que cria novos negócios, mas a grande verdade é que qualquer uma das pessoas descritas no parágrafo anterior, desde o vendedor de pipoca, passando pelo funcionário de uma empresa e o servidor público, podem sim ser empreendedores. Sendo assim, vamos conhecer os pontos principais que definem um empreendedor. 

O papel do empreendedor

Numa visão mais ampla, o empreendedor é a pessoa que identifica oportunidades, as explora e as desenvolve, seja na criação de um negócio, na construção de uma carreira como empregado ou até mesmo em outras áreas ou outros aspectos da vida.

O empreendedor tem um papel crucial no desenvolvimento da economia e da sociedade como um todo. Aqueles que abrem seu próprio negócio geram empregos e melhoram a distribuição de renda, já os empreendedores que são funcionários, são responsáveis por auxiliar as empresas ou o governo a atingirem seus objetivos. Os empreendedores fazem a história e mudam o mundo em redor deles com as suas ações, criam modelos de negócios novos e inovadores, como, por exemplo, o Google.

Ao longo da história, os empreendedores sempre existiram e foram destaques na sociedade, acumulando grandes fortunas e atraindo a atenção das pessoas. Porém, recentemente, cada vez mais pessoas estão buscando a opção pelo empreendedorismo.

Mesmo com a crise econômica iniciada em 2014, empreender é o desejo de muitos brasileiros. Em uma pesquisa recente sobre empreendedorismo no Brasil, 36% dos entrevistados são donos de seu próprio negócio ou realizaram alguma ação em vistas de ter seu próprio negócio no último ano. Ter um negócio está em quarto lugar entre os sonhos dos brasileiros, atrás de viajar pelo Brasil, ter uma casa própria ou um carro.

Um conjunto de programas e ações estruturais tem colaborado para a difusão do espírito do empreendedorismo no Brasil. Esse processo tem início em 1994 com a estabilização econômica com o Plano Real, passando pelo lançamento do Programa Brasil Empreendedor em 1999, pela Lei Geral da Micro e Pequena Empresa de 2006 e a criação do Micro Empreendedor Individual (MEI) em 2008.

Destaca-se também a participação do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) na promoção da educação empreendedora e na capacitação e orientação para os pequenos e microempresários por todo país.

Mesmo com todo este suporte, a vida do empreendedor no Brasil não é fácil. Os principais fatores limitantes estão relacionados com a burocracia, a carga tributária e a infraestrutura. A mortalidade das empresas nos dois primeiros anos de vida é elevada, mas tem melhorado nos últimos anos. Esses aspectos resultam na observação que o medo de fracassar é o mais impactante para decidir empreender.

Podemos considerar que o ato de empreender é tão antigo quanto a civilização, por ser um fruto do trabalho humano, seja na busca de oportunidades de crescimento ou como uma alternativa de sobrevivência.  Contudo, a definição de empreendedorismo, e o seu entendimento, evoluiu e continua evoluindo ao longo do tempo. O primeiro registro de uso do termo “empreendedor” é atribuído ao economista de origem franco-irlandesa Richard Cantillon, em 1755, que definiu como sendo um indivíduo que assume riscos. Esta definição diferenciava o empreendedor do capitalista, aquele que fornecia o capital.

A concepção dinâmica do papel do empreendedor é de um agente que cria, reconhece e age nas oportunidades. Isso inclui o uso da inovação para fazer coisas novas, operar com flexibilidade e se adaptar a um contexto mais amplo, trabalhar em condições de risco e incerteza, realizar mudanças e ganhar a recompensa a partir dos lucros. Se o empreendedorismo é visto como um processo, ele consiste de uma pessoa, da busca por oportunidades de mercado, comportamento inovador e da junção dos recursos necessários para explorar essas oportunidades.

E você, gostaria de ser um Empreendedor? Saiba mais como empreender, sem risco, com baixo investimento e retorno garantido, conheça nossa empresa que está a mais de 18 anos no mercado.

 

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Arrocho salarial, como sobreviver ?

 

O reajuste de 1,81% no valor do salário mínimo para o ano de 2018, de R$ 937 para R$ 954, é o menor desde o Plano Real, anunciado em 1994 e que controlou a hiperinflação na economia brasileira, aponta série histórica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).Isso significa que o reajuste que será aplicado no salário mínimo no ano que vem o menor em 24 anos.

17 reais por mês significam menos de 56 centavos por dia. Por hora trabalhada, o que passa a ser importante desde que se liberou a contratação de trabalhadores “intermitentes”, o reajuste é de 8 centavos.

É a lei, dirão os adeptos do “mercado”.

Verdade, o que não implica deixar de entender que, na prática, isso significa zero.

Ou mais que isso: o  governo vai economizar R$ 3,3 bilhões no ano que vem com a redução de seis reais (nos R$965 previstos no Orçamento Federal) com o zero para os aposentados, dinheiro que vai num instante nas benesses para sacrificar…os aposentados.

Depois, sabe-se que a variação de 1,81% do INPC, usada para sacramentar esta perversidade, está pendurada no mais volátil preço: o dos alimentos, que “segurou” durante 2017 o índice de inflação e que, com seca ou chuva, muda em um instante. E o salário, não.

Arrocho salarial é a consequência de uma política salarial cujos reajustes não acompanham a inflação. Pode ocorrer como política de governo ou decorrente da livre negociação entre empresas e trabalhadores. Pode atingir tanto o salário mínimo de um país como os salários acima dele.

Geralmente os governos podem adotar o arrocho salarial para poder atrair as empresas, por causa da mão-de-obra barata.

Exemplos de governos que possuem ou possuíram arrocho salarial em seu programa são o dos Estados Unidos durante a década de 1920, o governo da ditadura militar brasileira, e no governo José Sarney. A partir do governo FHC, políticas de valorização progressiva do salário mínimo no Brasil foram adotadas por Leis.

Em resumo da “ópera” teremos um período tenebroso para a classe trabalhadora nas próximas décadas em função das transformações mundiais que estão ocorrendo, e consequentemente afetando a geração de emprego. Muitos cargos ou vagas deixarão de existir ou já estão extintas devido a mecanização da mão de obra. O avanço da tecnologia, as políticas trabalhistas estão arrochando os salários cada vez mais. O mundo do futuro vai ser se diferenciar, o empreendedorismo será nova porta de acesso as pessoas para o mercado de trabalho. 

Você já pensou um dia ser dono do seu próprio negócio? Conheça nossa empresa e inicie seu negócio com baixo custo, sem risco e somos a empresa número 1 neste seguimento e estamos em um dos segmentos mais aquecidos do mundo. É totalmente possível viajar, ter qualidade de vida, ganhar ótimos rendimentos e ajudar muitas pessoas.

Para saber mais entre em contato para agendar uma entrevista com um de nossos consultores. Clique AQUI.

 

Leia também…

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Quando você desiste dos seus sonhos, muita gente sai perdendo

“Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar”

                                                                   Cora Carolina

É muito comum pessoas que perderam o sentido. Isso já aconteceu em nossa vida. Lembra-se daquele curso que estava fazendo e que de repente viu que não fazia sentido e desistiu? Lembra-se daquele sonho do qual você desistiu quando percebeu que já não fazia mais sentido? Quando não procuramos o sentido para nossa vida, nos sentimos perdidos. Desistir é o caminho mais fácil para curar algo que nos incomoda. Você sabia que, quando desistimos dos nossos sonhos perdemos um pedacinho do nosso futuro? Ou então, quando desistimos dos nossos sonhos, muita gente sai perdendo! Pois é, é exatamente o que acontece. É muito comum a maioria das pessoas transferir as rédeas do seu futuro para outras pessoas. Quando não somos reconhecidos pelo chefe, quando reclamamos do salário, quando as coisas não estão do jeito como você queria, enfim, tudo aquilo que queremos e não lutamos para conquistar acabamos se tornando pessoas negativas, pessimistas e ressentidas. O que tiraria você da sua zona de conforto para buscar o seus sonhos? Existe duas situações para a motivação, ou pela Dor ou pelo Prazer.  Já se perguntou se você continuar fazendo as mesmas coisas que faz hoje, saberia dizer como estaria daqui a 10 anos? 20 anos? Pois é, as pessoas planejam melhor sua férias do que suas próprias vidas. O prazer imediato, das coisas, de ter as coisas, ou de sentir as coisas.  Gastamos dinheiro com coisas fúteis, sem precisar, para satisfazer uma necessidade, uma fuga, uma ausência. A melhor maneira de ter sucesso na vida é de ajudar outras pessoas a terem sucesso também. Mas são poucas pessoas que conhecem essa receita, muitas acham que ter sucesso é  simplesmente se preocupar consigo mesmas. Esse é um grande erro que leva muitas pessoas a passar por dificuldades na vida negando essa simples condição natural. Nunca desista dos seus sonhos, mesmo que tenha que pagar o preço, sempre no final vai valer muito a pena, pois se você não correr atrás dos seus sonhos, alguém vai te contratar para realizar os sonhos de outra pessoa. Se você não estiver disposto a arriscar, então esteja disposto a ter uma vida comum. Se quer ter resultados diferentes, tem que fazer coisas diferentes. Reclamar não vai ajudar aumentar sua conta bancária, ou talvez ter uma promoção no seu emprego. Ter um sonhos é buscar a liberdade, os ricos não correm atrás do dinheiro e sim de algo muito valioso, a Liberdade ! Os ricos fazem o dinheiro trabalhar para eles, os pobres trabalham pelo dinheiro e ainda dizem que dinheiro não é importante! Um paradoxo, não é mesmo? Talvez a grande verdade é que a maioria das pessoas que dizem isso no fundo por medo não correm atrás dos seus sonhos por que não querem pagar o preço, não querem sair da sua zona  de conforto. Pois Liberdade significa responsabilidade. Ser livre financeiramente requer muito trabalho, competência e persistência. No fundo as pessoas não ariscam pelo medo. O medo paralisa, congela, amedronta. Mas para aqueles que se lançam na vida atrás dos seus sonhos, conseguem melhores condições de vida, melhores rendas, mais status, e principalmente liberdade! Os ricos vivem viajando, fazendo comprar e se divertindo, pois sabem fazer o dinheiro trabalhar para eles. Tudo está na mente, em como trabalhar com dinheiro, fazer ele multiplicar, criar renda residual e hereditária. Tudo está atrelado ao seu sonho! Reflita, nunca abandone seus sonhos e quanto mais rápido você agir, mais perto dele você estará.

Leia Também…

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

O Marketing Multinível como transferência de riqueza

A riqueza do mundo está concentrada nas mãos de poucos e a lei 80:20 é um bom exemplo, ou seja, 20% concentram 80% das riquezas.

No Brasil a concentração ainda é pior, mas como vivemos num mundo globalizado e em tempo real com a internet, as mesmas empresas multinacionais bilionárias atuam em várias partes do mundo simultaneamente.

Publicidade

Somente nos Estados Unidos 1% da população detém 30% da riqueza da nação.

No mundo capitalista a tendência e a concentração é cada vez maior, onde empresas maiores compram os menores e depois de concentrar fica cada vez mais difícil distribuir ou democratizar os ganhos entre a população.

O Marketing de Rede ou Marketing Multinível pode ser considerado um sistema de transferência ou redistribuição de renda dos grupos mais fortes, normalmente oligopolistas representados por poucos produtores para muitos consumidores, para grupos de menor poder aquisitivo.

A própria definição de marketing de rede tradicionalmente conhecida por todos de que quando compramos um produto ele é produzido por um fabricante, que vende para um distribuidor, que vende para um atacadista, que vende para um supermercado já mostra uma cadeia de intermediários até chegar ao consumidor final. Essa definição pode ser aplicada também a serviços.

Começando pelas indústrias que fornecem para supermercados ou para outros tipos de lojas de varejo no mercado tradicional, seu principal objetivo é buscar o lucro máximo , procurando sempre vender mais ao menor custo possível. Nós consumidores não temos outra saída a não ser pagar o preço.

Mas com o sistema de marketing de rede nós podemos exercer nosso direito de escolha e ser um consumidor inteligente optando por comprar de uma empresa de marketing de rede que vai redistribuir lucro conosco o que antes só ficava no sistema tradicional.
Vejamos alguns exemplos. Se nós consumirmos hoje em marketing de rede os suplementos nutricionais vamos fazer uma prevenção de saúde, evitar doenças e ainda ganhar dinheiro em forma de bônus.

Se não consumirmos temos o risco de ficarmos doentes e ainda aumentar significativamente o lucro da indústria farmacêutica pela necessidade de tomar remédios.

Então estamos evitando a compra de remédios no futuro e transferindo antecipadamente renda da indústria farmacêutica milionária para nosso bolso e ainda prevenindo nossa saúde.

Da mesma forma se comprar no sistema de marketing de rede produtos de beleza como cremes para a pele e o corpo ou produtos para o cabelo como xampus, estaremos transferindo renda das indústrias milionárias tradicionais e de todos os intermediários para o nosso bolso.

O mesmo ocorre com produtos de cuidados pessoais como perfumes, creme dental, desodorantes e outros.

Porque comprarmos produtos de limpeza e lavanderia nos supermercados se podemos comprar no sistema de marketing de rede, substituindo os produtos de supermercados e ainda ganhando o que esses intermediários ganhariam. Podemos citar também processadores de água, colchões, etc.

Existe hoje no mundo todo milhares de produtos que são comercializados no sistema de rede e que anteriormente eram somente pelo sistema tradicional.

Esse mesmo conceito é valido para o setor de serviços, como telefonia dominado por grandes grupos, publicidade pela internet, cartões de crédito, turismo, etc. Podemos transferir uma parte dessa renda do mercado tradicional para nosso bolso.

Poderíamos continuar dando muitos outros exemplos, mas o importante é que hoje podemos tomar a decisão de escolher a maioria dos produtos e serviços que utilizamos, através do sistema de marketing de rede.

Essa transferência de renda pode ser feita de forma natural, sem traumas, apenas usando o direito de ser um CONSUMIDOR INTELIGENTE e compartilhar com os outros. É o sistema mais justo e democrático para vivermos bem.

O ideal é que sempre optássemos por produtos no dia a dia fornecidos por empresas de marketing de rede, seria na teoria o melhor dos mundos, mas infelizmente na prática existe uma concorrência predatória entre os próprios componentes do sistema de marketing de rede.

Mas a cada ano aumenta o número de pessoas que descobrem que podem deixar de enriquecer as mesmas empresas do sistema tradicional e ter seu próprio negócio enriquecendo os amigos e conseqüentemente a você mesmo e todos melhorando seu estilo de vida.

Felizmente hoje já somos mais de 100 milhões de pessoas no mundo todo que estão exercendo seu direito natural a uma divisão de renda mais justa através do marketing de rede e não só isso, como compartilhar riqueza.

O exemplo disso é que hoje nos Estados Unidos existem milhares de novos milionários fabricados pelo marketing de rede.

No mundo todo podemos citar países como o Japão, Brasil, Canadá, México, Inglaterra, França, Alemanha, Coréia e poderíamos mencionar mais de 100 países, onde já existem centenas de novos milionários com o marketing de rede.

Estamos falando em milionários, mas o mais importante são os milhões de pessoas que mudaram de estilo de vida no mundo todo. O conceito de milionário é muito relativo, os sonhos têm tamanhos muito variáveis.

Mas isso ainda é muito pouco se compararmos a riqueza concentrada nas mãos de poucos com o que ainda deve ser feito.

Estamos engatinhando, não representamos nem 1% ainda do potencial. Agora com a internet a velocidade de formar novos milionários vai aumentar muito, e já temos sentido isso.

Mas ainda falta muita conscientização da população para o poder que ela tem em decidir mudar e inteligentemente preferir comprar aquilo que lhe paga de volta ou que lhe dá um retorno financeiro participativo.

É isso que tem que ser esclarecido diariamente, mostrar a todos esse poder da união de todos para um fim comum que é a democratização da riqueza do mundo.

Por outro lado o número de empresas de marketing de rede tem aumentado muito no mundo e no Brasil e isso mostra uma nova tendência de prosperidade e uma nova mentalidade empresarial.

Contudo nesse conjunto de novas empresas pela internet, tem surgido pseudo empresários muitas vezes sem ética que travestidos de marketing de rede montam verdadeiras arapucas e levam milhares de pessoas a perderem dinheiro.

É preciso todo cuidado no momento da escolha de uma empresa de marketing de rede para que você realmente ajude outras pessoas a melhorarem de vida e não o contrário onde as pessoas possam perder dinheiro transferindo dinheiro de uns para com os outros sem gerar atividades produtivas de compra e venda de serviços e produtos.

O mais importante é que o marketing de rede é um negócio democrático onde pessoas de todas as raças, níveis de escolaridade, credos, de qualquer idade, com qualquer habilidade possa fazer.

Qualquer um pode compartilhar essa nova forma de redistribuição de renda e ao invés de alguns prosperarem e outros empobrecerem que todos possamos prosperar igualitariamente.

Se o sistema econômico mundial fosse menos capitalista e mais próximo das leis ou das vantagens comparativas do marketing de rede, com certeza teríamos mais paz mundial, mais prosperidade, mais pessoas felizes, menos pobreza e mais igualdade entre as pessoas.

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Você Sabe o que é Consumo Inteligente?

Você Sabe o que é Consumo Inteligente? Consumidor Inteligente é aquela pessoa que escolhe adquirir algum bem, produto ou serviço de uma empresa que divide parte dos lucros com os seus clientes em troca de sua fidelização e da indicação de novos Consumidores Inteligentes.

O consumo inteligente consiste em consumir produtos de forma tal que com indicações do mesmo consumo o consumidor seja remunerado por suas indicações e até pelas indicações de seus indicados.

No consumo inteligente o consumidor consome o que iria comprar em outro local de sua própria empresa, podendo assim gerar benefícios de seu consumo.

É importante lembrar que todos consomem desodorante, shampoo, sabonete, hidratantes, além disso as mulheres costumam utilizar maquiagens, batons, esmaltes, entres tantos outros produtos.

Além disso todas as pessoas utilizam produtos ligados a cosméticos e bem estar, pois tem que realizar a higiene bucal (gel dental e antisséptico bucal), tomar banho (shampoo, condicionar, sabonete, etc), e após o banho utilizam desodorante, perfume, hidratante.

E claro, nas mulheres nunca faltam maquiagem, batom, esmaltes, além do que, não existe uma mulher satisfeita com suas medidas (e para isso existe o gel redutor de medidas.

Como você observou, são apenas alguns produtos básicos de uso universal, imagine consumir inteligentemente e usar produtos da linha de cosméticos e bem estar, pela metade do preço?

Nos EUA muitas famílias (a cada 10 famílias, 8 desenvolvem) utilizam desses benefícios em diversos ramos de produtos. Nesse modelo de negócio as empresas abrem a possibilidade de descontos aos filiados e toda vez que um filiado indica para outras pessoas o modelo de negocio com desconto, forma-se uma rede de consumidores todos com descontos na aquisição de produtos e o melhor de tudo pode-se conquistar porcentagem de lucro do consumo das pessoas que você indicou em sua rede.

Não é inteligente esse negocio? Esse é o conceito de consumidor inteligente, onde conseguimos consumir com descontos a aquisição de produtos que já usamos em nosso dia dia, sendo assim economizamos no fim das contas.

Destaca-se que, o mercado de cosméticos e perfumes à maioria esmagadora faz parte, para não dizer todas, ou seja, todas as pessoas utilizam produtos ligados a cosméticos e bem estar (pois tomam banho, escovam dentes, usam perfumes, usam hidratantes, etc).

Nesse contexto, entendemos que o melhor a se fazer é ser um consumidor inteligente, onde o consumo de produtos se faz por metade do preço. 

Segundo especialistas, em média uma família utiliza o valor de R$ 350,00 para investir no corpo, para tomar banho (shampoo, sabonete), para higiene bucal (pasta e antisséptico), ficar mais cheirosa (desodorante e perfume), para beleza (maquiagens, esmaltes, redutor de medidas), para uma qualidade de vida (hidratante, gel pós barba, gel para massagem), entre tantos outros produtos.

Vivemos indicando as coisas para as pessoas e não ganhamos nada com isso, mas inteligentemente  temos uma bonificação por indicar pessoas a usarem e consumirem os produtos de cosméticos, perfumaria e bem estar.

Essa oportunidade de ouro está mudando e impactando a vida de milhares de pessoas no Brasil e no mundo.  Conheça mais sobre nossa Empresa

 

MANUELDOLIVEIRAFILHO

As 20 vantagens comparativas do Marketing Multinível x Sistema Tradicional

O negócio de vendas diretas teve inicio em 1886 com David McConnel, vendedor de livros porta-a-porta nos Estados Unidos.

Ele começou a oferecer um frasco de perfume como brinde para os clientes que compravam os livros que vendia em New York e então nasceu a Califórnia Perfumes que em 1939 teve seu nome mudado para Avon, inspirado na cidade natal de William Shakespeare (livro – “A pequena historia do Marketing Multinível” – Paulo de Tarso Aragão).

Publicidade

Em 1941 o médico, químico e industrial, Dr. Carl Rehnborg lançou nos Estados Unidos uma variante das vendas diretas com vitaminas e minerais a NUTRILITE que funcionava da mesma forma, sem intermediários, mas pagava em vários níveis de profundidade e não apenas para os diretos.

Nascia o MARKETING DE REDE ou MARKETING MULTINIVEL que atualmente movimenta US$ 200 bilhões por ano e tem envolvido mais de 80 milhões de pessoas no mundo todo.

Todo esse crescimento se deve às grandes vantagens que este sistema oferece quando comparado com o mercado tradicional.

Normalmente as pessoas são educadas e preparadas para arrumar um emprego em busca de segurança e passam a vida toda como empregados.Outros são treinados para terem um negócio próprio no mercado tradicional. Nosso trabalho é quebrar esses paradigmas.

Para trazermos pessoas do mercado tradicional para o Marketing de Rede, é necessário mostrar aos candidatos as vantagens comparativas entre um negócio de marketing de rede e um negócio ou emprego no mercado tradicional. Precisamos ter argumentações racionais convincentes para conseguirmos converter essas pessoas.

A maioria dos profissionais de marketing de rede já conhecem essas vantagens, mas os iniciantes e aqueles que estão somente nas vendas diretas ou no mercado tradicional não conhecem e foi pensando nessa necessidade que apresentamos a seguir 20 dessas principais vantagens.

1 – TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO SEM INVESTIMENTOS DE CAPITAL
Normalmente é exigido um baixo valor para começar um negócio de marketing de rede, variando de R$100,00 a R$ 400,00. Esses valores são insignificantes para iniciar um negócio próprio.

Ao contrario para abrir um negócio no mercado tradicional é necessário investir acima de R$ 10.000,00 chegando a franquias de R$100.000,00, R$ 300.000,00 e muito mais. Poucas pessoas têm esse capital inicial para começar um negócio.

Mas as estatísticas indicam que 51 % dos brasileiros gostariam de ter seu próprio negócio e com o marketing de rede é possível se tornar um empreendedor.

2 – SEM RISCOS
Como não existe investimento de capital para começar um negócio de marketing de rede, consequentemente não existe risco de falência.

O risco do negócio são as horas trabalhadas, que poderiam ser usadas em outra atividade.

É um negócio muito viável financeiramente, você pode recuperar seu gasto inicial em poucos dias e o retorno financeiro é muito alto quando comparado com os investimentos realizados.

No mercado tradicional o risco é altíssimo, a concorrência é muito grande e as mudanças tecnológicas e de mercado são muito rápidas. As estatísticas indicam que de cada 10 novos negócios tradicionais 08 fecham em menos de dois anos, por falta de capital e experiência.
Uma empresa normal leva em media de 2 a 4 anos para recuperar o capital investindo.

3 – SEM CUSTOS FIXOS
No marketing de rede não existem custos de aluguel, luz, água, telefone, encargos trabalhistas, empregados, etc. Os custos com material de treinamento, seminários, convenções, aquisição de livros, CDs, DVDs são baixos e devem ser considerados investimentos no negócio.

Esses custos nas empresas tradicionais são altos e muitas vezes apenas o aluguel inviabiliza um negócio, sem contar os custos de mão-de-obra.

4 – SER SEU PRÓPRIO CHEFE OU PATRÃO
Com o marketing de rede Você não tem que dar satisfação a ninguém. Você tem ajuda e orientação da sua linha ascendente. Você é seu próprio patrão. Você decide. Você é dono do seu destino.

Como empregado você tem vários chefes que o pressionam o tempo todo e seu futuro está nas mãos deles. Seu crescimento muitas vezes não depende somente do seu trabalho e a concorrência para conseguir promoções é grande e às vezes predatória. Pode depender também de quem indica, o famoso QI.

5 – TER SEU TEMPO LIVRE
Você pode acordar na hora que quiser, trabalhar o dia que quiser e no horário mais conveniente e quantas horas achar necessário por dia. Pode viajar quando quiser. Você não precisa sair nas horas de pico com a massa e ficar retido em grandes congestionamentos em véspera de feriado ou na hora do rush.

Como empregado você tem que trabalhar no mínimo 08 horas por dia mais o tempo gasto para chegar e voltar do local de trabalho e em horários definidos pela empresa. Você não tem o direito de escolher a data das suas férias e são definidas de acordo com a conveniência do seu patrão.

O dono de um comércio ou de uma empresa tem abrir e fechar todos os dias no horário comercial e muitas vezes não tem condições nem de tirar férias. A liberdade de tempo não tem preço.

6 – POTENCIAL DE GANHOS ILIMITADOS
No marketing de rede você pode fazer uma meta de quanto e quando atingir seus ganhos e alcança-los com seu trabalho pessoal e da equipe.Vai depender da sua dedicação. Esses ganhos são ilimitados.Quanto você deseja ganhar? Qual é o seu sonho?

Como empregado você tem que aceitar um salário e trabalhar duro para conseguir aumentos. Sempre vai existir um limite de ganhos, mesmo que você seja o presidente da empresa.

Uma franquia ou outro negocio tradicional também têm um limite de ganhos e para aumenta-los é necessário investimentos adicionais, contratação de mão de obra, et.

7– PODER MONTAR ESSE NEGÓCIO MESMO TENDO UM EMPREGO OU NEGÓCIO TRADICIONAL
O marketing de rede pode ser um plano B, você diversifica sua renda trabalhando algumas horas por dia e ainda pode manter seu emprego ou outro negócio.

Atualmente é recomendável e prudente ter mais de uma fonte de renda. Nunca se sabe o que vai acontecer com seu emprego ou negócio tradicional. Em épocas de recessão os empregos desaparecem junto com as empresas.Nenhuma empresa pode garantir seu emprego.

Hoje vivemos num mundo de fusões de empresas ou as maiores compram as menores e milhares são demitidos.

O que ocorre na maioria das vezes é que o profissional de marketing de rede com o passar do tempo transforma seu plano B em plano A, ou seja, chega um momento que é mais viável dedicar mais tempo ao marketing de rede e abandonar sua atividade no mercado tradicional.

8 – PODER TRABALHAR EM OUTRO PAÍS, ESTADO, CIDADE, BAIRRO
No marketing de rede você pode trabalhar aonde quiser, na cidade de sua preferência com um melhor estilo de vida ou maior potencial para o negócio.

Como empregado você tem um local fixo de trabalho , que na maioria das vezes fica longe da sua casa, sujeitos a transito ou horas de transportes estressantes para chegar pontualmente.

Muitas vezes o empregado é transferido para outro local indesejado, longe da família e não tem como recusar.

9 – PODER TRABALHAR EM CASA
Esse é um grande desejo da maioria das pessoas. Essa é uma das grandes vantagens desse negócio. Sua casa pode ser o seu local de trabalho, usando a internet ou fazendo reuniões presenciais em casa ou outros locais.

Você não precisa ter um escritório. Você reduz custos e ganha tempo. A comodidade de não ter que sair de casa, poder fazer as refeições em casa e ficar junto com a família não tem preço.

10 – SEM PRÉ-REQUISITOS DE INSTRUÇÃO
Pessoas dos mais diversos níveis de educação e até sem instrução tem sucesso no marketing de rede.

Os exemplos estão em todos os lugares e empresas. Não é preciso ter nível superior, falar inglês, operar um computador, etc..É um dos negócios mais democráticos que existem, todos que quiserem podem fazer. É um negócio de relacionamentos.

Para conseguir um bom emprego é necessário ter uma boa escolaridade,nível superior, muitas vezes falar inglês, saber computação, especialização, ter indicação, etc.A competição é altíssima.

Para ter um negócio no mercado tradicional é necessário ter um nível de instrução razoável para administrar o negócio.

11 – SEM LIMITE DE IDADE
É preciso ter no mínimo 18 anos para começar o negócio, mas é possível começar um negócio de marketing de rede acima de 50, 60 ,70 anos de idade.

No mercado tradicional quando você atinge 40 anos já é considerado velho e trocado por um candidato mais jovem. Torna-se muito difícil concorrer no mercado com excesso de oferta de mão de obra para se conseguir um bom emprego.

Por outro lado,com essa idade as pessoas já estão amadurecidas, muitas vezes já se frustraram com os empregos e por ter mais relacionamentos podem ter um grande potencial de sucesso no marketing de rede.

12 – NÃO EXIGE EXPERIENCIA EM NEGÓCIOS
No marketing de rede as pessoas são ensinadas e treinadas para desenvolver o negócio e aprenderem para ensinar e duplicar.

O marketing de rede é uma escola que ensina as pessoas a liderarem mais e chefiarem menos e consequentemente terem sucesso no negócio e até no mercado tradicional.

Muitos empresários do mercado tradicional aprendem com o marketing de rede a compartilhar melhor os resultados e conseguem maior comprometimento dos seus empregados.

A maioria dos empregos exigem experiência anterior. Para montar um negócio no mercado tradicional é muito importante ter experiência no negócio, para reduzir o risco de fracasso.

13 – É UM NEGÓCIO LEGAL, MORAL E ÉTICO
É aprovado pelas leis, não é pirâmide ou corrente. Na década de 60 nos Estados Unidos as empresas de marketing de rede foram acusadas de serem pirâmides disfarçadas.

Foram muitos processos e acusações nos tribunais até que em 1979 a Suprema Corte Americana deu o parecer favorável ao marketing de rede. É preciso ter muito critério para escolher uma empresa parceira.

Mas o sistema é justo e paga-se mais a quem trabalha mais. Obedece às legislações dos países, recolhendo impostos e taxas, etc .É um negócio justo.

14 – O NEGÓCIO É HEREDITÁVEL
As aposentadorias do INSS não são hereditáveis e acaba na mesma geração. Não se pode acreditar nos fundos de pensão e outros tipos de aposentadorias.

No marketing de rede você cria uma renda residual, recebe royalties (como compositores, escritores, etc.). Você ganha hoje e no futuro pelo trabalho que faz hoje.Você constrói um negócio que é transferido de pai para filhos, netos ou outras pessoas nomeadas, que vão assumir sua posição na rede.

É um negócio familiar que vai dar tranquilidade para suas futuras gerações.É imprescindível que sua empresa parceira exista no longo prazo.Essa é uma das grandes vantagens comparativas desse negócio.

15 – RECONHECIMENTOS
No mercado tradicional normalmente não existe reconhecimentos ao seu sucesso e ao contrário muita competição para obter os melhores cargos.

No marketing de rede as pessoas de sucesso são reconhecidas no palco, edificadas, aplaudidas e copiadas. Há um grande reconhecimento ao seu sucesso. É o jogo do “ganha ganha”, todos se ajudam, todos ganham e participam do sucesso.

Existe uma grande torcida pelo seu sucesso. Muitas viagens maravilhosas são oferecidas como reconhecimento ao seu desempenho.

No mercado tradicional normalmente não existe esse tipo de reconhecimento e ao contrário muita competição para obter os melhores cargos.

16 – TER AJUDA DE PESSOAS ESPECIALIZADAS
Você terá ajuda e orientação gratuita da sua linha ascendente, pessoas especializadas, professores que vão lhe ensinar tudo o que sabem , visando seu crescimento. Se você não crescer elas também não crescem.

Essas pessoas vão ensinar “o caminho das pedras”, orientando o que deve ser feito e o que não deve ser feito para ter sucesso. É uma consultoria diária. Você vai escolher um mentor para seguir, um guia no negócio. .

17 – AJUDAR OUTRAS PESSOAS
No marketing de rede você vai oferecer uma oportunidade de negócios que pode mudar a vida das pessoas. Você vai ter a chance de ajudar um número ilimitado de pessoas. Você não tem como oferecer um emprego a alguém, mas tem como oferecer um trabalho, um negócio próprio.

É muito gratificante ajudar as pessoas a terem sucesso. Ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos. Ajude algumas pessoas a conseguirem o que elas querem que você vai conseguir o que quiser – Zig Ziglar. Você amplia e multiplica suas amizades.

18 – É UMA TENDÊNCIA DO FUTURO
O marketing de rede já é uma grande realidade e ao mesmo tempo uma das grandes tendências do futuro porque a maioria ainda não o conhece. Já produziu uma grande quantidade de milionários.

Os empreendedores estão a procura de oportunidades. Existem milhares de empresas de marketing de rede e todo dia surgem novas empresas no mercado. É um negócio inteligente e que tem crescido muito com a internet como ferramenta de treinamentos e relacionamentos.

É como uma onda, ela vem e você ou vai com ela ou ela passa e você fica. Se você trabalhar sério você faz parte da tendência, porque ela vai acontecer com você ou sem você. Então é melhor acontecer com você. O tempo vai passar de qualquer forma.

19 – TER RECOMPENSA E PODER USUFRUI-LA
Não vale a pena ter um ótimo salário ou um bom negócio e ser escravo, não poder usufruir das coisas boas da vida.

No mercado tradicional na maioria das vezes a pessoa que chega a diretor ou presidente de uma empresa, tem um ótimo ganho, mas não tem tempo para curtir os filhos, viajar com a família, fica escravizada pelo tempo.

No marketing de rede você pode ter ótimos resultados financeiros e ter um estilo de vida ideal, ter tempo livre para usufruir com sua família. Nenhum outro negocio te dá tanta recompensa e lazer como o marketing de rede.

20 – SEGUIR UM SISTEMA DE SUCESSO
O marketing de rede já foi inventado, não é preciso inventar mais nada, é só seguir um sistema vitorioso que pode ser comparado a uma franquia pessoal, é só duplicar. Existem dezenas de livros sobre marketing de rede escrito por líderes de sucesso, pessoas que ficaram milionárias e nos ensinam como fazer o negócio.

O que nós temos que fazer é seguir um sistema de treinamento que leva ao sucesso, onde todos duplicam o que aprendem. É você, a empresa fornecedora dos produtos ou serviços e o sistema de treinamento, um tripé para o sucesso.

Poderíamos mencionar outras vantagens do marketing de rede em relação ao mercado tradicional e poucas são as suas desvantagens.

Mas, apenas mostrando essas 20 vantagens teremos argumentos mais do que suficientes para provar de forma racional que o marketing de rede é um dos melhores negócios do mundo.

Não é para todos e a maioria não vai entrar, mas todos que quiserem podem mudar suas vidas fazendo esse negócio.

É a grande saída para o crescente número de pessoas empreendedoras a procura de uma boa oportunidade de negócios no Brasil.

Wanderley Lourenço:

É um dos maiores líderes do país. Por 15 anos foi o maior Diamante da Natures Sunshine, a maior empresa de MMN de produtos fitoterápicos do mundo e também era dono do centro de distribuição que mais vendia no Pais.

É economista, Palestrante e lider treinador da Amway.

 

Fonte: Revista Sucesso

 

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

A Psicologia dos Milionários. Aprenda a pensar como um Milionário

Veja como as pessoas que alcançaram sucesso material têm uma forma de pensar peculiar, e saiba como pensar da mesma forma.

Gerir dinheiro relaciona-se muito mais com psicologia e atitude do que você pensa. Foi o que Napoleon Hill pregou no seu best-seller “Pense e Enriqueça”, de 1937 – o culminar do seu intensivo estudo sobre mais de 500 milionários que alcançaram esse estatuto por esforço próprio.

Publicidade

O milionário Steve Siebold, que alcançou esse estatuto por esforço próprio e que entrevistou 1.200 das mais ricas pessoas do mundo ao longo das últimas três décadas, concorda.

De acordo com o que escreve no seu livro “How Rich People Think” (Como pensam as pessoas ricas) ficar rico tem muitas vezes mais a ver com a atitude do que com o dinheiro – por mais retrógrada que essa afirmação possa soar.

Seguem-se as 21 atitudes dos mais ricos que você pode passar a adotar a partir de hoje.

As pessoas ricas acreditam que a pobreza é a raiz de todos os males.

De acordo com Siebold verifica-se uma certa vergonha no fato de se “ficar rico” no seio de comunidades de baixo rendimento. Escreve: “O indivíduo de classe média sofreu uma lavagem cerebral para acreditar que as pessoas ricas ou têm sorte ou são desonestas.” Acrescenta: “A classe alta sabe que ter dinheiro não seja garantia de felicidade ou mesmo torna a vida mais fácil e mais agradável.” As pessoas ricas consideram o egoísmo uma virtude … Enquanto que a maioria das pessoas considera o egoísmo um vício. “Os ricos procuram tornar-se felizes. Não fingem que querem salvar o mundo.” – Avançou Siebold ao Business Insider.

O problema é que a população de classe média considera-o como algo negativo – e isso mantém-na pobre. Escreve. “Se você não tomar conta de si próprio não se encontra em posição de ajudar seja quem for. Você não pode dar aquilo que não tem.”

Os indivíduos ricos têm uma mentalidade orientada para a ação … Enquanto que a maioria das pessoas têm uma mentalidade orientada para a loteria. “Enquanto que as massas esperam escolher os números certos e rezam por prosperidade – os grandes resolvem problemas.” – Escreveu Siebold. “O herói pelo qual [a maioria das pessoas] esperam é talvez Deus, o governo, o seu chefe ou o seu cônjuge. É o nível de raciocínio da maioria das pessoas que gera esta abordagem em relação à vida – enquanto o relógio continua a avançar.

” As pessoas ricas acreditam na aquisição de conhecimentos específicos … Enquanto que a maioria das pessoas acredita que o caminho para a riqueza é pavimentado pela educação formal. “Muitos indivíduos de classe alta têm pouca educação formal e acumularam a sua riqueza através da aquisição e posterior venda de conhecimento específico.” – Escreve Siebold. “Enquanto isso, as massas estão convencidas que os graus de mestre e doutor são o caminho para a riqueza – muito porque se encontram presos na linha de pensamento linear que os afasta de níveis mais elevados de consciência…

Os ricos não estão interessados nos meios, apenas nos fins.” As pessoas ricas sonham com o futuro … Enquanto que a maioria das pessoas relembra os bons velhos tempos.

“As pessoas que acreditam que os seus melhores dias estão para trás raramente ficam ricas – e muitas vezes lutam com situações de infelicidade e depressão.” – escreveu Siebold. “Os milionários, que atingem esse estatuto através de esforço próprio, chegam a ricos pois estão dispostos a apostar em si próprios e a projetar os seus sonhos, objetivos e ideias num futuro desconhecido.

” As pessoas ricas pensam no dinheiro de forma lógica … Enquanto que a maioria das pessoas vê o dinheiro através dos olhos da emoção. “Uma pessoa inteligente, bem-educada e bem-sucedida pode transformar-se instantaneamente num pensador baseado no medo e orientado para a escassez cuja principal aspiração financeira passa por uma reforma confortável.” – Escreveu Siebold.

“A classe alta vê o dinheiro pelo que é e pelo que não é – através dos olhos da lógica. Sabe que o dinheiro é uma ferramenta crítica que apresenta opções e oportunidades.”

As pessoas ricas seguem a sua paixão … Enquanto que a maioria das pessoas ganha dinheiro fazendo coisas que não gosta. “Para a população média parece que os ricos  trabalhando a toda a hora.” – Avançou Siebold.

“Mas uma das estratégias mais inteligentes destes últimos é que fazem precisamente aquilo de que gostam e encontram uma forma de serem pagos por isso.” Por outro lado, os membros da classe média aceitam empregos de que não gostam “pois precisam do dinheiro, e foram ensinados na escola – e condicionados pela sociedade – a viverem num mundo com uma forma de pensamento linear, que iguala o ganhar dinheiro ao esforço mental ou físico.

” As pessoas ricas estão à altura do desafio … Enquanto que a maioria das pessoas define baixas expetativas para nunca ficarem desapontadas. “Os psicólogos e outros peritos em saúde mental aconselham, muitas vezes, as pessoas a definirem baixas expetativas para a sua vida – para garantirem que não se desiludam.” – Escreve Siebold.

No entanto, diz “Nunca ninguém chegará a rico ou viverá os seus sonhos sem grandes expectativas.

” As pessoas ricas utilizam o dinheiro de outras pessoas … Enquanto que a maioria das pessoas acredita que precisa de dinheiro para ganhar dinheiro. Siebold afirma que os ricos não têm medo de financiar o seu futuro a partir dos bolsos de outras pessoas. Escreve: “As pessoas ricas sabem que não é relevante não ter a necessária solvência para comportar, pessoalmente, determinado investimento. A verdadeira questão é ‘Vale a pena comprar, investir ou perseguir isto?.”

” As pessoas ricas sabem que os mercados são movidos pela emoção e pela ganância … Enquanto que a maioria das pessoas acredita que são movidos pela lógica e pela estratégia.

“Os ricos sabem que as emoções primárias que movem os mercados financeiros são o medo e a ganância e contam com esses fatores em todos os negócios e tendências que observam.” – Escreve Siebold.

“Este conhecimento da natureza humana e do seu impacto de sobreposição sobre a negociação dá-lhes vantagem estratégica na construção de maior riqueza através da alavancagem.

” As pessoas ricas ensinam os seus filhos a ficarem ricos … Enquanto que a maioria das pessoas ensina os seus filhos a sobreviver. Segundo Siebold, os pais ricos ensinam os seus filhos, desde tenra idade, sobre o mundo dos ricos e dos pobres. Apesar de muitos argumentarem que apoia a ideia de elitismo – Siebold discorda.

“[As pessoas] dizem que os pais estão a ensinar os seus filhos a olharem para as massas, que são pobres. Isto não é verdade.” – Escreve. “O que estão a ensinar aos seus filhos é que vejam o mundo através dos olhos da realidade objetiva – a forma como a sociedade realmente é.

” As pessoas ricas encontram paz de espírito na riqueza … Enquanto que a maioria das pessoas deixa que o dinheiro as afete. A razão pela qual as pessoas ricas ganham mais é que as mesmas não têm medo de admitir que o dinheiro pode resolver a maioria dos problemas, diz Siebold.

“[A classe média] vê o dinheiro como um mal necessário interminável e que deve ser suportado como parte da vida. A classe alta vê o dinheiro como o grande libertador – que, quando suficiente, permite comprar a paz de espírito financeira.

” As pessoas ricas preferem ser educadas do que entretidas … Enquanto que a maioria das pessoas prefere divertir-se a ser educado. Apesar de os ricos não colocarem muito esforço na promoção da riqueza através de educação formal acabam por apreciar o poder da aprendizagem até muito depois da faculdade ter terminado, explica Siebold.

“Entre na casa de uma pessoa rica e uma das primeiras coisas que irá ver é uma extensa biblioteca de livros que a mesma utilizou para se educar a si própria – relativamente a como tornar-se melhor sucedida.” – Escreve.

“A classe média lê romances, tabloides e revistas de entretenimento.” As pessoas ricas só se querem cercar de pessoas com a mesma atitude … Enquanto que a maioria das pessoas considera os ricos snobes. A mentalidade negativa que envenena a classe média é o que faz com que os ricos se deem com ricos, afirma Siebold.

“[As pessoas ricas] não conseguem lidar com as mensagens de tristeza e melancolia.” – Escreve. “Isto é muitas vezes mal interpretado pelas massas como snobismo. Rotular a classe alta como snob é outra forma que a classe média encontra para se sentir bem consigo própria e com o caminho de mediocridade escolhido.

” As pessoas ricas concentram-se em ganhar dinheiro … Enquanto que a maioria das pessoas se foca em poupar dinheiro. Siebold teoriza que as pessoas ricas se focam mais no que irão ganhar com a tomada de riscos do que em poupar aquilo que têm.

“As massas estão tão focadas em cortar cupões e viver frugalmente que perdem a maioria das oportunidades.” – Escreve. “Mesmo no meio de uma crise de fluxo de caixa os ricos rejeitam a forma de pensar das massas. São mestres a concentrar a sua energia mental onde a mesma pertence: no dinheiro.

” As pessoas ricas sabem quando assumir riscos … Enquanto que a maioria das pessoas joga pelo seguro com o dinheiro. “A alavancagem é a palavra de ordem dos ricos.” – Escreve Siebold. “Todos os investidores perdem dinheiro em determinada ocasião mas a classe alta sabe que não importa o que aconteça será sempre capaz de ganhar mais.

” As pessoas ricas encontram conforto na incerteza … Enquanto que a maioria das pessoas quer estar confortável. “O conforto físico, psicológico e emocional é o principal objetivo da atitude da classe média.” – Escreve Siebold.

“A classe alta aprende desde cedo que chegar a milionário não é fácil e que a necessidade de conforto pode ser devastadora. Aprendem a estar confortáveis num estado de incerteza constante.” As pessoas ricas esperam ganhar mais dinheiro … Enquanto a maioria das pessoas espera ter de continuar a lutar. “Não ouça os pessimistas que lhe dizem que a vida é suposto ser uma luta e que você deve assentar e agradecer o que tem.” – Escreve Siebold no Business Insider. Você tem de pensar em grande. Porque não um milhão de dólares?

As pessoas ricas estão obcecadas com o sucesso … Enquanto que a maioria das pessoas acredita que a obsessão é uma palavra má. “A verdade é que as pessoas ricas têm uma obsessão saudável com conseguirem o que querem, o que inclui o dinheiro.” – Escreve Siebold.

“Os mais ricos veem os negócios e a vida como um jogo, e é um jogo que adoram vencer.” Pense naquilo que quer e como é que o irá obter exatamente – Aconselha Siebold. Será necessário um certo nível de disciplina para “ganhar”. As pessoas ricas veem o dinheiro como um amigo … Enquanto que a maioria das pessoas o vê como inimigo.

“A maioria das pessoas tem uma relação disfuncional, conflituosa, com o dinheiro. Afinal de contas somos ensinados que o dinheiro é escasso – difícil de ganhar e ainda mais difícil de manter.” – Escreve Siebold.

“Se você quiser começar a atrair dinheiro pare de vê-lo como seu inimigo e pense no mesmo como um dos seus maiores aliados. É um amigo que tem o poder de acabar com noites sem dormir por preocupação e dor física e que pode salvar a sua vida. Os mais ricos veem o dinheiro como um amigo especial que os pode ajudar de formas que nenhum outro amigo pode – e estes sentimentos positivos levam-nos a construir uma relação mais forte todos os dias.”

As pessoas ricas sabem que você pode ter tudo … Enquanto que a maioria das pessoas acredita que têm de escolher entre uma grande família ou ser rico. A ideia de que a riqueza deve surgir em detrimento do tempo com a família não é nada mais do que um pretexto – afirma Siebold.

“As massas foram alvo de lavagem cerebral para acreditarem que ou é um ou outro.” – Escreve. “Os mais ricos sabem que você pode ter tudo o que quiser se encarar o desafio com uma atitude baseada no amor e na abundância.”

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO

Os segredos da mente milionária

Aprenda as lições do milionário T. Harv Eker, best seller no Brasil e no mundo, que está ensinando milhares de pessoas a enriquecerem.

Você sabe ganhar e reter dinheiro? Ou possui desaforo por ele? Desaforo é não valorizar suas conquistas, seu dinheiro e como decorrência, é mais difícil acumular riqueza.
Muitas pessoas que possuem facilidade em ganhar dinheiro, acham que ele nunca irá faltar ou acabar. Grande engano!

Milhares de fortunas são jogadas fora, toda hora, no mundo. Por isso que dezenas de vencedores de jogos lotéricos perdem o dinheiro que ganham e muitos acabam pobres, de novo.
Essa matéria não vai ensinar você a administrar seu dinheiro, mais te mostrar os caminhos para você ganhar e reter a riqueza que deseja.

Se você é empreendedor de alguma empresa de MMN e trabalha de forma profissional vai ganhar dinheiro e atingir suas metas.

Mais a revista Sucesso se sente obrigada a te passar algumas lições que T. Harv Eker aborda em suas palestras e livros. Sugerimos que leia com atenção e coloque sua experiência e ensinamentos em prática agora.

“A maioria das pessoas associa dinheiro a prazer imediato. Para mim, ele deve ser acumulado para proporcionar liberdade”

Aprenda:
Os seus rendimentos crescem na mesma medida em que você cresce.

Enriqueça sua vida de conhecimento. Informação é fundamental. Leia livros; participe de eventos educativos; de workshops, seminários, convenções; siga o sistema de treinamento da sua empresa e siga a experiência que sua linha ascendente possui.

Quanto mais você crescer e se aprimorar, mais longe você vai e mais capacidade de ajudar sua equipe, você terá.
A realidade é que a maioria das pessoas não atinge seu potencial pleno. Elas vivem apenas no mundo visível e não enxergam o mundo invisível.

Imagine uma árvore com frutos maduros, bonitos e gostosos. Essa é a parte que você vê. Mais existe uma parte invisível a seus olhos: as raízes.

Se essa árvore está bem cuidada, nutrida, no ambiente correto, ela será sólida e dará grandes frutos.
Ou seja, temos que cuidar do invisível. Temos que cuidar da fé, da crença, da força de vontade, dos sonhos e metas. Mais o conhecimento é a raiz da arvore. Então, cuide da sua.

Aprenda:
Dinheiro é resultado, riqueza é resultado, saúde é resultado, doença é resultado, o seu peso é resultado. Vivemos num mundo de causa e efeito.

Você se esquece daquilo que escuta; você se lembra daquilo que vê; você entende aquilo que faz.
Suas metas precisam ficam expostas para que você lembre delas todos os dias. Fotos do que deseja devem ser colocados na tela do seu computador, na geladeira e nos locais que sempre irá ver.

É importante manter acesa a chama dos sonhos e fundamental falar em voz alta todo dia e sempre que puder, o que você deseja. Tipo: ”eu vou conseguir realizar (diga o que deseja).

Palavras positivas entram e ecoam dentro de você. Faça delas seu combustível para a realização que deseja.

A voz tem uma energia que libera e vibra por todas as partes do seu corpo. Ela também envia mensagens para o seu subconsciente.

Aprenda:
Pensamentos conduzem a sentimentos. Sentimentos conduzem a ações. Ações conduzem a resultados.

O dinheiro é o valor que você possui para comprar algo. Mais para conquistar dinheiro, é preciso dar valor aos seus pensamentos. Se você não acredita que irá ganhar dinheiro, seu insucesso está decretado. Se tiver medo de algo, vai acabar desistindo. Isso quer dizer que o medo e seus pensamentos controlam e vencem você. Assuma o controle de tudo. Vença seus anseios, temores, medos e fraquezas

Também é preciso dar valor aos sentimentos. Associar o dinheiro a coisas boas e ao fato real de que você gosta dele e ele de você. Essa dupla irá viver junto para sempre.

E por fim, é precisa dar valor as suas ações. Pensar e sonhar não terão valor algum se você não for em direção ao que deseja.

Seus pensamentos têm origem nos que está arquivado em sua memória, no que está armazenado nela. Isso quer dizer que todas as frases que você ouviu quando criança sobre dinheiro, permanecem no seu subconsciente como parte do modelo que governa a sua vida financeira.

Que tal mudar essa programação a partir de agora?! Se na sua infância ouviu muito a frase que ganhar dinheiro é difícil, será; se ouviu muito a frase de que só ganha dinheiro quem tem, você não terá; se ouviu repetidamente a frase, quem tem dinheiro é ganancioso, acreditará; se seus pais jogaram uma praga, tipo: você nunca ganhará dinheiro na vida, terás que trabalhar dobrado e mesmo assim…

Percebe porque é fundamental mudar sua programação interna?

Pense positivo: Sim, eu posso! Dinheiro é para mim! Dinheiro não é para gananciosos, é para quem trabalha de forma inteligente, em negócios prósperos e com pessoas que te impulsionem para riqueza.

Para mudar essa programação é preciso conscientização, entendimento e dissociação.

Você não vai poder mudar uma coisa que sua existência ignora. Depois será preciso entendimento sobre o seu modo de pensar o dinheiro. Depois vem a dissociação, que vai ocorrer quando tiver ciência que este não é seu modo de pensar e que é possível mudar.

CONSCIENTIZAÇÃO: escreva frases que você ouvia sobre dinheiro, riqueza e pessoas ricas quando crianças.

ENTENDIMENTO: Escreva frases sobre como essas frases vêm afetando sua vida financeira até hoje.

DISSOCIAÇÃO: Escreva os pensamentos que deseja enraizar em você, para se desfazer dessa programação antiga.

DECLARE: Eu tenho uma mente milionária.
Se realmente tem, é hora de fazer essa mente gerar a riqueza que deseja.
Preste atenção nessa frase: “É preciso poupar para os momentos de tempos difíceis. ” Mentalmente foi criado “momentos difíceis”. Para que? Para de fazer isso!

Aprenda:
A sua razão ou motivação para enriquecer ou fazer sucesso é crucial. Se ela possui uma raiz negativa como o medo, a raiva ou a necessidade de provar algo a si mesmo, o dinheiro nunca lhe trará felicidade.

Estatísticas mostram que a crise financeira é a principal causadora de separações e divórcios. Ou seja, a falta de dinheiro acaba com o amor ou o torna menor.

Mais não é por isso que você vai amar o dinheiro acima de todas as coisas. Você tem que desejar e trabalhar em negócios potenciais de forma profissional para ganhá-lo. Simples assim.

Então, vamos apresentar agora, Princípios de Riqueza que irão revolucionar sua mente e vida.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 1
A consciência observa os nossos pensamentos e as nossas ações para que vivamos das escolhas verdadeiras feitas no momento presente, em lugar de sermos governados por uma programação proveniente do passado.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 2
Opte por maneiras de pensar favoráveis à sua felicidade e ao seu sucesso e deixe de lado as formas negativas.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 3

As pessoas ricas acreditam na seguinte ideia: “Eu crio a minha própria vida”. As pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte ideia: “na minha vida, as coisas acontecem”.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 4
As pessoas que se queixam, tornam-se um imã de coisas ruins.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 5
As pessoas ricas entram no jogo do dinheiro para ganhar. As pessoas de mentalidade pobre entram no jogo do dinheiro para não perder.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 6

Se o seu objetivo é ter algum conforto, é provável que você nunca fique rico. Mas, caso a sua meta seja enriquecer, é provável que você alcance uma situação ricamente confortável.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 7
As pessoas ricas assumem o compromisso de serem ricas. As pessoas com mentalidade pobre gostariam de ser ricas.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 8

O principal motivo que impede a maioria das pessoas de conseguir o que querem é não saber o que querem.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 9
Se você não está verdadeiramente e plenamente determinado a fazer fortuna, o mais provável é que não a obtenha mesmo.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 10
As pessoas ricas focalizam oportunidades. As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 11
As pessoas ricas admiram outros indivíduos ricos e bem-sucedidos. As pessoas de mentalidade pobre guardam ressentimento de quem é rico e bem-sucedido.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 12

As pessoas ricas buscam a companhia de indivíduos positivos e bem-sucedidos. As pessoas de mentalidade pobre buscam a companhia de indivíduos negativos e fracassados.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 13
Se você só estiver disposto a realizar o que é fácil, a vida será difícil. Mas, se concordar em fazer o que é difícil, a vida será fácil.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 14

As pessoas ricam gostam de se promover. As pessoas de mentalidade pobre não apreciam vendas nem autopromoção.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 15
As pessoas ricas são maiores do que seus problemas. As pessoas de mentalidade pobre são menores do que os seus problemas.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 16
O segredo do sucesso não é tentar evitar os problemas nem se esquivar ou se livrar deles, mas crescer pessoalmente para se tornar maior do que qualquer adversidade.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 17
Se você tem um grande problema, isso quer dizer apenas que está sendo uma pessoa pequena.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 18
Se um carvalho de 30m de altura tivesse a mente de um ser humano, cresceria apenas 2m.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 19
As pessoas ricas preferem ser remuneradas por seus resultados. As pessoas de mentalidade pobre preferem ser remunerados pelo tempo que despendem.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 20
Nunca estabeleça um teto para seus rendimentos.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 21
Você não terá mais até provar que é capaz de lidar com o que já possui.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 22
As pessoas ricas põem o seu dinheiro para dar duro para elas. As pessoas de mentalidade pobre dão duro pelo seu dinheiro.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 23
Os ricos consideram cada real que possuem uma semente” a ser plantada para render outros 100, que podem ser replantados para render 1.000 e assim por diante.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 24
Saber treinar e manejar a própria mente é o maior talento que se pode ter na vida, tanto em termos de felicidade quanto de sucesso.

PRINCÍPIOS DE RIQUEZA 25
A marca da verdadeira riqueza é determinada por quanto a pessoa é capaz de dar.

Existem mais princípios nos livros de T. Harv Eker. E muito a aprender nessa vida. Esteja aberto ao aprendizado e invista em você.

Leia Também…

MANUELDOLIVEIRAFILHO